Mogi figura como um dos cem municípios mais inteligentes

Mogi aparece na 42º colocação na pesquisa nacional
Mogi aparece na 42º colocação na pesquisa nacional - FOTO: Emanuel Aquilera

Mogi - No início do mês, uma consultoria nacional publicou o ranking das cem cidades mais inteligentes e conectadas do país. O "Ranking Connected Smart Cities" colocou a cidade de Mogi das Cruzes como uma das 50 mais modernas, com menções a outras cidades do Alto Tietê.

O ranking, elaborado pela Urban Systems em parceria com a Necta, avalia 11 eixos indicativos para o desenvolvimento inteligente de uma cidade: energia, mobilidade, meio ambiente, governabilidade, tecnologia e inovação, empreendedorismo, urbanismo, segurança, educação, economia e saúde. A composição da nota leva em conta a média de cada um dos aspectos. A classificação divide as 677 cidades participantes da pesquisa em três categorias: de 50 mil a 100 mil habitantes; de 100 mil a 500 mil habitantes e cidades com mais de 500 mil habitantes.

A cidade de Mogi das Cruzes está no 42º lugar do ranking nacional de cidades mais inteligentes, com 32,144 pontos, sendo a 18ª na categoria de municípios com até 500 mil moradores.

Na avaliação em separado dos eixos, Mogi das Cruzes ganha destaque em cinco categorias no levantamento nacional: Mobilidade Urbana (35º lugar), Tecnologia e Inovação (48º), Urbanismo (83º), Educação (30º) e Economia (45º).

O Ranking Connected Smart Cities também reconheceu outras cidades do Alto Tietê, embora não tenham figurado no ranking nacional. Um exemplo é a cidade de Suzano, que possui destaque na categoria Urbanismo (38ª posição, superando Mogi das Cruzes), Empreendedorismo (95º lugar) e Economia (99ª colocação). Na classificação final, Suzano fez 29,682 pontos na média das competências.

A cidade de Itaquaquecetuba também teve méritos na avaliação deste ano, com a melhor posição do Alto Tietê em mobilidade urbana (23º lugar) e Segurança (49º), e 26,877 pontos. A cidade de Poá foi a melhor colocada da região em Meio Ambiente (65º do país), bem como em Mobilidade Urbana (54º lugar), com uma média de 27,641 pontos.

Uma das surpresas do levantamento é a cidade de Santa Isabel, que mesmo fora do ranking das cem melhores cidades na faixa de até 100 mil habitantes, registrou a 25ª colocação nacional na categoria Empreendedorismo. O levantamento apurou que houve um crescimento de 200% nas empresas de tecnologia, 60% nas empresas de economia criativa e 17,54% no número de microempreendedores individuais (MEIs) em relação à última apuração.

 

Deixe uma resposta

Comentários