Bi Gêmeos apresenta projeto para combate a doenças

No Dia Mundial do Coração, celebrado hoje , efetivar a conscientização sobre as doenças cardiovasculares e os meios para preveni-las ao longo da vida através de hábitos saudáveis e o controle de doenças que podem levar ao infarto ou ao acidente vascular cerebral (AVC) é um dos desafios que precisam ser superados, principalmente pelas consequências provocadas pela pandemia da Covid-19. De acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) aumentou em 7% o número de óbitos por doenças do coração no primeiro semestre deste ano em comparação com o mesmo período do ano passado.

Entre janeiro e junho de 2020 foram 140 mil mortes, enquanto este ano, o número saltou para 150 mil óbitos. Os dados refletem quase mil óbitos por dia no país. Diante desta realidade que afetou diversas famílias de Mogi das Cruzes um projeto de lei de autoria do Vereador Milton Lins da Silva (Bi Gêmeos - PSD) foi apresentado na sessão de ontem, na Câmara, para que o município de Mogi das Cruzes realize anualmente "Campanhas Preventivas de Combate às Doenças do Coração".

A propositura será encaminhada para as Comissões Permanentes da Casa de Leis e depois seguirá para votação dos demais parlamentares no Plenário, para que então possa ser sancionada pelo prefeito mogiano Caio Cunha (Pode).

O Vereador Bi Gêmeos apontou que por conta da pandemia e a necessidade de isolamento e distanciamento, bem como o cancelamento de exames de rotina, a população vem descuidando da saúde, o que demonstra a importância de realizar campanhas que divulguem a prevenção às doenças cardiovasculares e que estimulem ações que auxiliem no combate a essas enfermidades, como evitar o consumo de álcool e tabaco e a realização de atividades físicas. O estresse também é um dos fatores que provoca o agravamento de doenças do coração e com isso é fundamental incentivar que a população cuide deste órgão.

"Só quem já perdeu alguém que ama para alguma doença do coração vai entender o que tenho para dizer. Este ano foi surpreendente o tanto de falecimentos de amigos em decorrência de infarto, há alguns anos perdi o meu pai para a mesma doença. Nosso projeto visa buscar através da conscientização e prevenção, a redução dos casos de infarto em mogianos e mais qualidade de vida para a nossa população", lamentou Bi Gêmeos.