Malu Fernandes revela ações que serão feitas no bairro Novo Horizonte

Malu Fernandes lembrou da marca de 15 milhões de desempregados no país
Malu Fernandes lembrou da marca de 15 milhões de desempregados no país - FOTO: Divulgação/CMMC

Mogi - Chegando ao final do primeiro ano de mandato como vereadora, Maria Luiza Fernandes (REP), a Malu Fernandes, concedeu entrevista ao Grupo MogiNews/DAT sobre a obtenção de duas emendas parlamentares voltadas para a população do bairro Novo Horizonte, na região do Jardim Piatã.

As emendas foram obtidas junto à deputada federal Tábata Amaral (PSB) e a deputada estadual Marina Helou (Rede), totalizando R$ 438 mil em investimentos para infraestrutura e atendimento à primeira infância.

A vereadora explicou o processo para obtenção, que começou com uma visita à cidade da deputada federal no início do ano. "Ela veio, a convite nosso, conhecer a cidade e aproveitamos para apresentar a realidade da região. Ao conhecer a comunidade e os seus diversos desafios, ela colocou-se ao nosso dispor, e dedicou uma emenda de R$ 238 mil. O valor já foi repassado ao município", explicou.

A segunda emenda, de R$ 200 mil destinada aos cuidados das crianças na primeira infância, foi obtida por um meio incomum: uma "licitação" promovida pela deputada estadual. "Foi uma espécie de projeto seletivo onde diversas cidades apresentaram projetos ao gabinete da deputada. Elaboramos uma iniciativa voltada para o atendimento das crianças, por meio de políticas públicas na região do Novo Horizonte, e conseguimos o repasse. Ele ainda está em vias de ser aprovado pela Câmara de Vereadores para integrar o orçamento", apontou.

Para Malu Fernandes, o Novo Horizonte sofre há muitos anos cna área conhecida como "Divisa", no limite entre de Mogi, Suzano e Itaquaquecetuba. "Sabemos dos problemas de infraestrutura, que demandam uma ação mais direta da administração municipal; mas há outros pontos como a segurança pública, onde é preciso uma cobertura maior da Polícia Militar e da Guarda Municipal, o investimento na capacitação e educação da juventude, e questões de curtíssimo prazo como a coleta de lixo".

Malu defende também que as iniciativas a serem implementadas poderão servir de exemplo. "Temos atenção pela comunidade, mas sabemos como Mogi das Cruzes pode ser desigual. Há situações semelhantes em outros bairros e distritos, como em Jundiapeba e na Nova União. Porém, dando certo no Novo Horizonte, com o investimento na revitalização da comunidade e na valorização da primeira infância, podemos começar um modelo a inspirar iniciativas em outras partes", concluiu. (A.D.)

Deixe uma resposta

Comentários