Taxa de letalidade chega a até 4,3% dos casos no Alto Tietê

Números levantados pela reportagem mostram uma oscilção entre 2,7% e 4,3%
Números levantados pela reportagem mostram uma oscilção entre 2,7% e 4,3% - FOTO: Mogi News/Arquivo

Um novo levantamento do Grupo MogiNews/DAT junto às cidades mais populosas do Alto Tietê demonstrou que a taxa de letalidade do coronavírus (Covid-19), entre seis das dez cidades da região, oscilou entre 2,7% e 4,3% do total de pessoas que contraíram o vírus, ficando atrás da média regional.

A Prefeitura de Mogi das Cruzes, por meio de sua Secretaria Municipal de Saúde, apontou uma taxa de letalidade de 4,31% entre os casos positivos de Covid-19 na cidade, sendo 1.666 mortes para um total de 38.659 pessoas contaminadas. Levando em consideração a população geral da cidade, estimada em 436.883 pessoas, a taxa chega a 0,38% da população.

A administração municipal de Poá informou que a taxa de letalidade na cidade é de 4,36%, levando em conta que foram registrados 9.107 casos positivos e 397 mortos, segundo levantamento do Consórcio de Desenvolvimentos dos Municípios do Alto Tietê (Condemat). Já a taxa de mortalidade em relação à relação de mortalidade entre a população geral e o número de vítimas foi estabelecido um índice de 0,33%.

A Prefeitura de Suzano informou que, com base numa estimativa de 300 mil habitantes, os 974 óbitos registraram uma taxa de mortalidade de 0,32% desde o início da pandemia. Quanto à taxa de letalidade, na relação entre contaminados (25.204) e mortos, o índice é de 3,86%.

Segundo a Prefeitura de Itaquaquecetuba, a taxa de letalidade na comparação com o número de casos é de 4,4%, desde o início da pandemia - segundo o Condemat, a cidade teve 23.330 casos positivos e 1.045 mortes pela doença. Na comparação com o número de mortes em comparação com a população total da cidade, a taxa de letalidade na população geral é de 0,27%.

A Secretaria de Saúde de Guararema informou que a taxa de letalidade do vírus no município de Guararema é de 2,7% - a cidade teve 3.921 casos positivos e 110 óbitos pela doença desde o início da pandemia. A municipalidade não informou a taxa de mortalidade, na proporção entre vítimas fatais e a população geral.

Já a prefeitura de Ferraz de Vasconcelos apresentou a taxa de letalidade em relação aos casos em dois momentos: até 31 de dezembro e a partir de 1º de janeiro: em 2020 a taxa foi de 3,03%, enquanto que em 2021, com a chamada "segunda onda" de casos, chegou a 6%. O município teve 11.993 casos positivos de Covid-19 e 525 mortes.

Segundo levantamento do governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, foram registrados na região metropolitana 1.635.282 casos positivos e 70.103 mortes pela Covid-19, representando uma taxa de letalidade de 5,3% entre homens e 3,5% entre mulheres.

 

Deixe uma resposta

Comentários