Internações por Covid seguem estáveis nas cidades da região

Mogi das Cruzes informou que 52 leitos para tratamento de Covid estavam ocupados
Mogi das Cruzes informou que 52 leitos para tratamento de Covid estavam ocupados - FOTO: Divulgação/PMMC

Região - A nova apuração da média de leitos para o coronavírus (Covid-19) no Alto Tietê, segundo o grupo MogiNews/DAT, apontou que o número de pacientes entrou em um viés de estabilidade, no comparativo com o início da semana.

A Prefeitura de Mogi das Cruzes informou, por meio de sua página na internet, que, no total de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) oferecidos na cidade para Covid-19 e outras enfermidades, 52 leitos para Covid-19 estavam ocupados, representando uma taxa de 16,3% - no início da semana era uma taxa de 15%. Na área de Enfermaria, foram apontados 39 leitos para Covid ocupados, em uma taxa de 4,1%. No início da semana, o índice era de 6,2%.

Segundo a Prefeitura de Suzano, a taxa de ocupação de leitos de Enfermaria e semi-intensiva no Pronto-Socorro (PS) Municipal está em 3,22%, com um leito ocupado de 31 disponíveis. O patamar é o mesmo que foi registrado no início da semana.

A cidade de Guararema, pela segunda vez na semana, registrou que não há pacientes internados por Covid-19 na rede municipal, ou aguardando transferência para leitos de UTI.

A Prefeitura de Itaquaquecetuba informou que dos 19 leitos de enfermaria e oito de emergência na rede municipal de Saúde apenas um leito de enfermaria está com paciente. A taxa de ocupação, de 5%, é a mesma apontada pelo município no início da semana.

A Secretaria de Saúde de Poá informou nesta sexta-feira que os dois leitos de enfermaria e os dois leitos de emergência do Hospital Municipal Dr. Guido Guida seguem sem ocupação, e que um paciente cadastrado está na fila da Central de Regulação de Oferta de Serviços de Saúde (Cross), o mesmo patamar na segunda-feira. No entanto, o município registrou o óbito de uma mulher de 85 anos pela Covid-19, com histórico de comorbidades.

Hospitais estaduais

Segundo levantamento da Secretaria de Estado da Saúde, o Hospital Santa Marcelina em Itaquaquecetuba apontou um leito de enfermaria dos dez disponíveis, com 10%, sendo que no início da semana era uma taxa de 70%. A ocupação dos leitos de UTI, que era de 30% dos dez leitos, reduziu para zero.

O Hospital Regional de Ferraz de Vasconcelos no início desta semana cinco pacientes dos 26 leitos de enfermaria, com 11,54%, mas chegou a dois pacientes (2,69%). A ocupação na UTI seguiu em zero.

O Hospital Dr. Arnaldo Pezzuti Cavalcanti, em Mogi das Cruzes, registrou 11 dos 30 leitos ocupados nos setores de Enfermaria e UTI (36,66%). Na segunda-feira, as taxas de enfermaria era de 46,67% e 44,83% na UTI.

O Hospital Auxiliar de Suzano marcou duas vagas no setor de enfermaria para 20 disponíveis (10%), sendo que na segunda-feira desta semana eram cinco pacientes (27,78%).

Deixe uma resposta

Comentários