Secretaria de Transportes faz a entrega de 3,7 mil benefícios

Ainda segundo a Prefeitura, cartões são entregues em casa em razão da Covid
Ainda segundo a Prefeitura, cartões são entregues em casa em razão da Covid - FOTO: Wanderley Costa/Secop Suzano

Suzano - Mais de 3,7 mil pessoas foram contemplados com a entrega de credenciais de estacionamento para idosos e pessoas com deficiência em suas residências, entre janeiro e agosto deste ano. A medida foi pensada pela Secretaria Municipal de Transportes e Mobilidade Urbana, que implementou a prática no início da pandemia do coronavírus (Covid-19), em março de 2020.

Para as credenciais dos idosos, foram requeridos e entregues 342 novos cartões e mais 2.598 renovações do benefício. Já as das pessoas com deficiência somam 828 unidades, sendo 81 novos pedidos e 747 renovações, todos entregues em casa. O cartão, nas duas modalidades, tem validade de um ano.

A entrega em domicílio e o pedido via telefone foram algumas das estratégias da Prefeitura de Suzano para preservar a saúde destes grupos, evitando que se deslocassem para ambientes externos, gerando grande circulação de pessoas, e ficassem expostos ao novo coronavírus.

O benefício é destinado aos munícipes maiores de 60 anos ou para aqueles com deficiência comprovada e pode ser requerido pelo telefone 4746-1166. O cartão permite o estacionamento regular em vagas estrategicamente localizadas, facilitando o acesso a estabelecimentos comerciais, clínicas, órgãos públicos, entre outros locais.

Uma das beneficiadas pelo serviço é a aposentada Dirce Monteiro, de 73 anos. Ela precisava frequentar consultas médicas e, como a validade do benefício estava próximo do vencimento, buscou a prefeitura via telefone. "Foi uma surpresa muito positiva quando recebi. Tive a credencial entregue na minha casa, e os funcionários foram muito gentis comigo, desde o requerimento", destacou.

A aposentada também ressaltou a importância deste sistema para quem utiliza as vagas, que são sinalizadas com placas e pintura especial. "Tenho dificuldade motora e, quando vou ao médico, sempre estaciono em uma vaga para idoso. Se não houvesse este sistema da entrega em domicílio, estaria com a credencial vencida e teria que parar de estacionar perto da clínica. Dificultaria muito para realizar minhas consultas", finalizou Dirce.

Para o secretário de Transportes e Mobilidade Urbana de Suzano, Claudinei Galo, a medida revolucionou o dia a dia de quem utiliza a credencial e aproximou ainda mais a prefeitura do cidadão. "Quando implementamos a entrega a domicílio, pensamos em quantas vidas estariam sendo transformadas pela ação. São quase 4 mil suzanenses beneficiados e que estão regulares para usar uma vaga localizada de forma estratégica, próxima a consultórios, mercados e ao comércio de forma geral", pontuou.