Câmara aprova criação do Dia da Guarda Municipal

Mogi - A Câmara de Vereadores aprovou na sessão de ontem a criação do Dia da Guarda Municipal, que passa a integrar o calendário oficial do município.

O projeto, de autoria do vereador Maurino José da Silva (Pode), o Policial Maurino, institui o dia 17 de dezembro como o novo evento comemorativo do município. A escolha da data remete ao dia 17 de dezembro de 2002, data em que a Guarda Municipal foi criada por lei municipal.

Na justificativa ao projeto encaminhado às comissões no final de junho deste ano, o vereador Maurino reforçou que "a Guarda vem demonstrando grande importância para o município por desenvolverem atividades de caráter inibitório, coercitivo e preventivo, tendo finalidade de ajudar a diminuir drasticamente o tráfico ilícito de drogas e outros crimes.

Durante o período de deliberações, o autor da propositura mais uma vez reforçou a necessidade de reconhecimento por parte da população e dos órgãos públicos do trabalho desenvolvido pela corporação na cidade. "Lembramos deles todos os dias pelos trabalhos prestados, mas é fundamental que este dia seja de comemoração, de entregar honras e elogios, para comemorarmos o esforço e o profissionalismo que empenham", afirmou.

O projeto teve a aprovação unânime dos membros da Casa presentes à sessão, e agora será encaminhado para sanção do prefeito Caio Cunha (Pode). A matéria teve o apoio aberto de vereadores como Mauro Margarido (PSDB), o Maurinho do Despachante, e Eduardo Ota (Pode).

Os vereadores também aprovaram o projeto do vereador Eduardo Ota que inclui no calendário de eventos do município a Semana Municipal de Valorização do Patrimônio Histórico, Cultural, Artístico e Paisagístico (projeto de Lei 94/2021). A data, a ser celebrada na semana do dia 17 de agosto, visa realizar palestras e divulgar a parte do patrimônio arquitetônico da cidade de 461 anos.

Também foram aprovados dois projetos de Resolução, de autoria do vereador Iduigues Martins (PT), que prorrogam o funcionamento de duas Comissões Especiais de Vereadores (CEV): da geração de emprego e renda, e de resíduos sólidos. Ambas terão mais 180 dias para a apuração.

No quinto item da Ordem do Dia, foi aprovado o projeto de Lei 150/2021, do Executivo Municipal, que denomina o Centro de Educação Infantil Municipal (Ceim) Ivone Baghoss, localizado na Vila Estação. (A.D.)