21,8 mil romeiros passam pela Dutra em direção a Aparecida

Além da rodovia Presidente Dutra, romeiros do Alto Tietê utilizaram a Rota da Luz
Além da rodovia Presidente Dutra, romeiros do Alto Tietê utilizaram a Rota da Luz - FOTO: Grupo Caminhada com Maria/Divulgação

Um levantamento da concessionária CCR/Nova Dutra apontou que pelo menos 21,8 mil pessoas passaram pela rodovia presidente Dutra (BR-116) rumo ao Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida.

O número foi apurado em dois pontos de checagem, localizados nas cidades de Pindamonhangaba (sentido Rio) e Itatiaia (RJ) (sentido São Paulo), utilizados pelos peregrinos de todo o país.

O uso da rodovia pelos romeiros acaba por causar acidentes, principalmente atropelamentos pelo uso do acostamento e da via, onde em alguns trechos acabam disputando espaço com motocicletas, automóveis e caminhões.

Segundo a concessionária, desde o dia 1º de outubro até ontem foram registrados 19 casos de atropelamento na rodovia sentido Rio, de costas para o tráfego na estrada. Destes, quatro romeiros morreram, três ficaram gravemente feridos, seis com ferimentos moderados e seis vítimas leves.

Além da Dutra, romeiros do Alto Tietê também utilizam outras rotas - como é o caso da Rota da Luz, uma trilha que segue pelas cidades de Mogi das Cruzes, Guararema e Jacareí.

O fluxo de veículos no feriado de Nossa Senhora Aparecida ainda não foi divulgado pela Nova Dutra. Questionada pela reportagem, a concessionária informou que os números serão divulgados depois da volta do feriado.

A concessionária Ecopistas, responsável pelo corredor Ayrton Senna/Carvalho Pinto (SP-070) contabilizou entre a meia-noite de sexta-feira e a meia-noite de domingo 367.987 carros em direção ao santuário, com dez registros de acidentes na estrada, sendo um atropelamento.

Deixe uma resposta

Comentários