Obras para construção de pista seguem avançando

Pista fica no Parque Botyra e deve ficar pronta este ano
Pista fica no Parque Botyra e deve ficar pronta este ano - FOTO: Pedro Chavedar/PMMC

Mogi- As obras para a construção de uma pista de pump track no Parque Botyra Camorim Gatti, possibilitadas por um convênio entre a Prefeitura de Mogi das Cruzes e o governo do Estado, por meio do programa Município de Interesse Turístico (MIT), estão em estágio avançado. A previsão é que a inauguração do equipamento ocorra ainda neste ano.

O projeto foi aprovado em 2019 pelo governo do Estado de São Paulo, no âmbito do programa Município de Interesse Turístico, classificação essa que Mogi das Cruzes obteve em 2017. O MIT é um programa de apoio ao desenvolvimento das estâncias e municípios de interesse turístico do Estado de São Paulo.

O projeto de que trata o convênio dispõe sobre o cicloturismo, especificamente por meio da construção de duas pistas de pump track, sendo uma no Parque Botyra Camorim Gatti, no Centro Cívico e outra no Parque Leon Feffer, em Braz Cubas. Ao todo, serão investidos R$ 409.389,94 em ambas as pistas.

O processo de construção deste projeto foi realizado de forma coletiva, tendo ampla participação da sociedade civil representada pelos Conselhos Municipais, coletivos e pela Comissão de Ciclistas de Mogi das Cruzes. Ao longo de 2018 e 2019, foram realizados fóruns do programa Diálogo Aberto da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, em que foram elencadas as ações prioritárias para o cicloturismo local.

Dentre as ações, pontuaram-se a construção das pistas de pump track e sinalização turística das rotas utilizadas pelos ciclistas na cidade.

A pista de pump track do Parque Botyra Camorim Gatti será destinada principalmente para o uso de bicicletas do tipo bmx e encontra-se em fase de finalização das obras.