GCM apreende 88 aves silvestres e três saguis

Poá - A Guarda Civil Municipal (GCM) realizou a apreensão de 88 pássaros silvestres e três saguis, entre ontem e anteontem, por meio de denúncias anônimas feitas pela população. As apreensões ocorreram nos bairros Vila Varela e Vila Açoreana e tiveram como base a Lei nº 9.605 que classifica o ato de manter um animal silvestre em cativeiro como crime ambiental.

A apreensão dos saguis foi realizada na manhã de ontem, na rua João de Godoy, na Vila Açoreana. Com o suporte da Defesa Civil, foram apurar a denúncia sobre animais silvestres mantidos em cativeiro. Ao chegar à referida residência, com a autorização do proprietário, os agentes localizaram no interior da casa três macacos da espécie Sagui. Diante dos fatos, os animais foram conduzidos ao Centro de Recuperação de animais Silvestres (Cras) do Parque Ecológico do Alto Tietê.

Já nesta segunda-feira, a GCM realizou a apreensão de 88 pássaros silvestres, na Vila Varela, sendo 12 pássaros na rua Joaquim Miguel Silva e 76 na rua Votuporanga. Com a apreensão destas aves, a GCM de Poá apreendeu 164 pássaros em menos de um mês. Ao todo, foram apreendidos 46 Coleirinhos, 13 Picharros, 12 Pintassilgos, 5 Bigodinhos, 5 Canários do Reino, um Pintagol, 3 Pixoxós (em extinção), um Canário da Terra, um Pintagol, um Canário da Terra, um Azulão (em extinção) e um Gurundi.

Em ambas as apreensões das aves, os responsáveis foram direcionados para a Delegacia de Polícia de Itaquaquecetuba e as aves encaminhadas para o CRAS do Parque Ecológico do Tietê. "As denúncias estão ocorrendo em reflexo à atuação dos agentes de segurança que têm se dedicado cada vez mais em executar a lei em prol da sociedade. Estamos aptos a atuar em crimes ambientais como este, assim como para qualquer outra situação", afirmou.