Levantamento topográfico para Terminal Sul é concluído

Erguer um terminal foi uma das condições para conceder o aumento da passagem
Erguer um terminal foi uma das condições para conceder o aumento da passagem - FOTO: Mogi News/Arquivo

A Prefeitura de Suzano, por meio da Secretaria Municipal de Transportes e Mobilidade Urbana, confirmou ontem que já foi concluída a etapa de levantamento topográfico do local que deverá abrigar no futuro o Terminal Rodoviário Sul, no distrito de Palmeiras.

A informação foi confirmada pela Pasta, após questionamentos levantados pelo Grupo MogiNews/DAT sobre uma das condições impostas pela administração municipal para a concessão do aumento da tarifa de transporte público de
R$ 4,40 para R$ 5 no último final de semana. Na ocasião, a Prefeitura declarou que o reajuste estaria condicionado à construção do novo terminal em Palmeiras e a recuperação do Terminal de Transportes Urbanos Diniz José dos Santos Faria, o Terminal Norte - além de viabilizar os custos de operação da empresa Radial Transporte.

Segundo a secretaria, o projeto da obra está sendo elaborado com a concessionária, com as características da estrutura e serviços, bem como a definição exata do local que será implantado o novo equipamento de mobilidade urbana. Estão sendo definidos também entre técnicos do poder público e da Radial o investimento previsto e o cronograma para execução da obra que terá início no ano que vem, conforme anunciou a municipalidade em nota oficial. "A expectativa é de que haja integração tarifária - a exemplo de como ocorre no Terminal Norte", apontou o secretário municipal Claudinei Valdemar Galo.

A assessoria de imprensa da Radial Transportes foi procurada pela reportagem para comentar o andamento do processo e as tratativas com a prefeitura de Suzano sobre o planejamento da obra, no entanto, não foram encaminhadas respostas até o fechamento da matéria - o MogiNews/DAT segue à disposição da empresa para esclarecimentos.

Histórico

A obra do novo terminal rodoviário na região sul de Suzano é uma demanda da comunidade há pelo menos 20 anos, e vem sendo tratado pelo menos desde 2015, com foco na primeira gestão do atual governo municipal.

Em fevereiro de 2020, o secretário de Estado de Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, chegou a anunciar publicamente a conclusão do projeto executivo da obra, que teria 3,3 mil m² de área. O projeto teria sido apresentado pelo ex-prefeito e deputado estadual Estevam Galvão (DEM).

Em julho do ano passado, Baldy declarou em uma audiência virtual que o projeto, que seria de responsabilidade da Empresa Paulista de Transporte Metropolitano (EMTU), receberia recursos para sua execução neste ano. No entanto, não houve progressos.

 

Deixe uma resposta

Comentários