Cidade amplia estacionamento temporário na região central

Mogi - A Prefeitura de Mogi das Cruzes prepara para amanhã a criação de 200 vagas temporárias de estacionamento na região central da cidade. A medida foi definida em conjunto com entidades como o Sindicato do Comércio Varejista (Sincomércio) e a Associação Comercial de Mogi das Cruzes (ACMC) para o fomento das compras na Black Friday, programada para esta semana, e as compras do período de Natal, com perspectiva de crescimento.

Segundo a administração municipal, as vagas serão autorizadas para utilização no período diurno e em setores no período entre 19 horas e meia-noite, com validade até o dia 15 de janeiro do ano que vem.

"Foi feito um estudo técnico da região central e foi possível ampliar o número de vagas em 77%, em comparação com os anos anteriores", afirmou a secretária de Mobilidade Urbana de Mogi das Cruzes, Cristiane Ayres.

Dentre os trechos liberados estão as ruas Coronel Souza Franco, no trecho entre as ruas Capitão Manoel Caetano e Presidente Rodrigues Alves; rua Tenente Manoel Alves dos Anjos, entre as ruas Major Sílvio de Miranda e Barão de Jaceguai; rua Braz Cubas, entre a rua Coronel Marcolino Paiva e a avenida Voluntário Fernando Pinheiro Franco, e rua Major Arouche de Toledo, no trecho entre as ruas José Bonifácio e Senador Dantas.

Já a permissão para estacionamento no período noturno será concedida em duas vias importantes da região central. Na rua José Bonifácio, a medida valerá no trecho entre as ruas Major Arouche de Toledo e Doutor Deodato Wertheimer, enquanto na rua Braz Cubas, o trecho beneficiado será entre a avenida Voluntário Fernando Pinheiro Franco e a rua Barão de Jaceguai.

Segundo Valterli Martinez, do Sincomércio, a entidade também está criando cartilhas com dicas para vendas online e presencial, lives com temas de marketing digital e presencial por especialistas para estimular e dar condições para os comerciantes locais. "Estimamos que poderemos aumentar o número de contratações temporárias para o fim de ano, facilitando o lojista a ter uma maior assertividade em suas decisões", apontou.

Para Fádua Sleiman, da ACMC, as vendas da Black Friday e do Natal se tornaram o ponto principal do calendário de vendas no setor e, com isso em mente, solicitaram o apoio tanto da Prefeitura quanto da Guarda Municipal e da Polícia Militar para garantir a segurança de lojistas e clientes.

"As vagas estabelecidas estão em algumas das principais ruas da região central. Sabemos que nosso centro é antigo e estreito, e acreditamos que os estacionamentos ajudarão no acesso dos consumidores à área que é conhecida por reunir lojas dos mais diversos segmentos", concluiu, esperando um crescimento de até 8% em relação ao mesmo período no ano passado.

Deixe uma resposta

Comentários