Covid-19

Alto Tietê planeja intervenções para enfrentar nova variante

Ômicron foi identificada em países africanos e registrada em regiões da Europa; no Brasil, há um caso suspeito

André Diniz
30/11/2021 às 05:30
Atualizada em 30/11/2021 às 05:30.
Divulgação

Divulgação

Região - Os municípios do Alto Tietê informaram ontem que acompanham de perto e estudam ações para impedir o avanço da nova variante da Covid-19, Ômicron, anunciada recentemente por autoridades de saúde e cientistas no exterior.

Segundo relatos da Organização Mundial da Saúde (OMS), a nova variante foi identificada em países da região sul da África, e teria como diferencial uma capacidade amplificada de transmissão entre pessoas. Até o momento, já foram identificados casos em Hong Kong, Israel, Bélgica e Reino Unido, sendo que no Brasil há um caso suspeito de contaminação por um viajante que veio do continente africano e que chegou no Aeroporto Internacional de Guarulhos.

A Prefeitura de Mogi das Cruzes informou por meio de nota que a cidade já anunciou previamente a manutenção do uso de máscaras no mínimo até 15 de janeiro, e que, caso necessário, irá expandir o número de leitos de Enfermaria e UTI Covid no próprio Hospital Municipal, localizado no distrito de Braz Cubas, que segue como referência para o pronto atendimento dos casos suspeitos ou confirmados.

"Mogi das Cruzes tem reforçado a divulgação e a busca ativa por munícipes que precisam tomar a segunda ou terceira dose da vacina; trata-se de um trabalho permanente de conscientização sobre a importância da vacinação completa", explicou a Pasta da Saúde.

A Prefeitura de Suzano informou que todos os protocolos sanitários já definidos e cumpridos no município seguem sendo aplicados, e que pretende intensificar a orientação sobre o uso adequado de máscaras e higienização das mãos com álcool em gel, além de completar o esquema vacinal e receber as doses de reforço.

A Prefeitura de Poá, por meio da Secretaria de Saúde, informou que seguirá as normas do Estado e do Comitê Intersetorial Municipalista contra a Covid-19, e que o reforço na imunização já está liberado para todos com mais de 18 anos, desde que seja respeitado o intervalo de cinco meses desde a segunda dose, mediante norma do Ministério da Saúde.

A Prefeitura de Ferraz de Vasconcelos informou por nota que a cidade mantém as medidas de controle da disseminação, e que realiza reuniões periódicas com o Comitê Municipal de Enfrentamento da pandemia, para atualizar os protocolos sanitários. "A Secretaria da Saúde já vem trabalhando com a divulgação com foco na importância do reforço da vacina para toda a população, além da busca ativa da população faltosa na segunda dose", explicou.

Em Guararema, a Secretaria de Saúde disse que manterá as atuais medidas sanitárias, entre elas o uso de máscaras em locais abertos. "Iniciamos recentemente a vacinação de reforço conforme o Plano Estadual de Imunização (PEI). Ressaltamos que temos uma cobertura de 90% com ao menos uma dose e 83% com duas doses ou dose única", informou por meio de nota.

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

Reclamações ou sugestões:

redacao@portalnews.com.br

Comercial e parcerias:

contato@portalnews.com.br

© 2021 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News de Comunicação

Desenvolvido por

Distribuído por