Transporte coletivo

Reajuste da tarifa para R$ 5 é confirmada a partir de janeiro

Prefeitura garante que aumento é o menor registrado na região; última correção ocorreu em janeiro de 2019

André Diniz
02/12/2021 às 05:30
Atualizada em 02/12/2021 às 05:30.
Pedro Chavedar/PMMC

Pedro Chavedar/PMMC

Mogi - A Prefeitura confirmou ontem o reajuste da tarifa do transporte coletivo de R$ 4,50 para R$ 5, com validade a partir de 9 de janeiro de 2022, um aumento de 11,1%. O valor do acréscimo, segundo a administração municipal, é o menor entre os reajustes praticados no Alto Tietê.

De acordo com o Executivo, a definição veio depois de estudos realizados pela equipe técnica da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana acerca do pedido das empresas, há mais de duas semanas. Na proposta original das empresas, o valor deveria ser reajustado para R$ 7,04 e R$ 7,08.

Segundo o prefeito Caio Cunha (Pode), o reajuste levou em conta a sustentabilidade do sistema de transporte na cidade, além de um valor que não venha a impactar o orçamento das famílias que utilizam o sistema. "O valor e a data estão sendo divulgados com antecedência para que possam se programar", ressaltou.

O último reajuste da passagem ocorreu em janeiro de 2019, quando a tarifa subiu de R$ 4,10 para R$ 4,50. "Mogi terá o menor índice de reajuste da região, que também fica abaixo da inflação registrada desde a última vez, há quase três anos", explicou a secretária Cristiane Ayres (Mobilidade Urbana) em comunicado oficial.

A Prefeitura reforçou que as informações sobre o transporte coletivo e as planilhas de custos de matéria-prima, mão-de-obra e demais aspectos estão disponibilizadas no hotsite sobre o transporte público [http://onibus.mogidascruzes.sp.gov.br]. A página também disponibiliza os cálculos da cobrança do Imposto Sobre Serviços (ISS), que passará a ser retomado a partir de janeiro do ano que vem.

Além de Mogi das Cruzes, já confirmaram o reajuste nas tarifas de ônibus as cidades de Suzano, Poá e Itaquaquecetuba - em todas elas o reajuste para R$ 5 já está em voga.

Mudanças

Além do reajuste, a Prefeitura de Mogi informou sobre os avanços nos estudos para a modernização do sistema de transporte coletivo local. A municipalidade aponta que o traçado das linhas tem mais de 15 anos e não reflete a realidade atual, na qual muitos itinerários já não dispõem de demanda de passageiros.

O município reforçou que a população poderá opinar por meio do programa Participa Mogi Mobilidade sobre a redução do número de ônibus que passa pela região central. A previsão é de que o tempo no trajeto possa ser reduzido em até 40 minutos.

A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana informou que já iniciou os serviços de manutenção nos Terminais Central e Estudantes. O trabalho começou pelos sistemas elétricos das duas estruturas, com uma revisão completa das instalações, o que inclui quadros de distribuição de energia, fiação, disjuntores e iluminação.

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

Reclamações ou sugestões:

redacao@portalnews.com.br

Comercial e parcerias:

contato@portalnews.com.br

© 2021 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News de Comunicação

Desenvolvido por

Distribuído por