avenida francisco rodrigues filho

Mogi aguarda licença ambiental para iniciar construção de parque

Conjunto de áreas para prática esportiva é parte do programa Viva Mogi e tem custo estimado de R$ 4,5 milhões

André Diniz
16/12/2021 às 00:00
Atualizada em 16/12/2021 às 00:00.
Divulgação/PMMC

Divulgação/PMMC

Mogi - A Prefeitura informou nesta semana que aguarda apenas o licenciamento ambiental para o início das obras do novo parque localizado na avenida Francisco Rodrigues Filho, como parte do programa Viva Mogi.

Segundo a administração municipal, o parque contará com investimento total de R$ 4,5 milhões e está com o processo licitatório concluído, com a empresa já definida. No entanto, o projeto aguarda a licença ambiental para início dos trabalhos. "O parque terá um perfil voltado para a sustentabilidade e contará com um núcleo voltado para a educação ambiental, além de passarela, praça, auditório e sede administrativa", descreveu a Prefeitura.

O projeto do novo parque será complementar ao parque que está em construção na avenida Antônio Almeida, com investimento de R$ 10,8 milhões, que receberá o nome do ex-presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Mogi das Cruzes e Região (Sincomercio), Airton Nogueira. Este equipamento ocupará uma área de 139,4 mil metros quadrados e terá como foco a atividade esportiva, com campo de futebol, quadras de areia, quadra poliesportiva, quadra de tênis, espaço para pets, miniquadra de basquetebol, além de espaço para pista de caminhada e ciclovia, dentre outros itens. A unidade já está em construção, e a empresa responsável segue com os preparativos e levantamento topográfico.

Outro ponto que está em andamento no programa Viva Mogi, segundo a administração municipal, é a ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) instalada ao lado do Parque Centenário, no distrito de Cezar de Souza. A ETE-Leste, do Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae), conta com investimento de R$ 32,6 milhões e já teve seu processo de licitação concluído.

"O vencedor foi o Consórcio ETE Leste Mogi, formado pelas empresas Azevedo e Travassos e Infracon Engenharia e Comércio, que atualmente trabalha na conclusão do projeto executivo. As obras devem começar no ano que vem", concluiu a empresa em nota.

A reportagem tentou entrar em contato com a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), uma das responsáveis pela concessão de licenciamento ambiental, para obter mais detalhes sobre o andamento do processo burocrático. Até o fechamento desta edição, não houve respostas. O MogiNews/DAT segue à disposição da empresa para seus esclarecimentos.

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

Reclamações ou sugestões:

redacao@portalnews.com.br

Comercial e parcerias:

contato@portalnews.com.br

© 2021 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News de Comunicação

Desenvolvido por

Distribuído por