Saúde

Estado anuncia R$ 4 milhões ao Santa Marcelina de Itaquá

Hospital filantrópico a serviço do Estado receberá quantia para custeio dos leitos de alta complexidade e UTI

André Diniz
22/12/2021 às 05:30
Atualizada em 22/12/2021 às 05:30.
Daniel Carvalho/Mogi News

Daniel Carvalho/Mogi News

Itaquá - O governo do Estado anunciou ontem que liberou mais R$ 13 milhões para o custeio e equipamentos para os hospitais da Organização Social de Saúde (OSS) Casa de Saúde Santa Marcelina que mantém um hospital na cidade de Itaquaquecetuba, além de unidades nos bairros de Itaquera e Itaim Paulista, ambos na capital. 

Segundo o governador em exercício, Rodrigo Garcia (PSDB), o recurso vem para ajudar no fechamento das contas do fim do ano, além de recursos para os equipamentos de hemodinâmica, e recursos do programa Mais Santas Casas, visando complementar os recursos do dia a dia.

Dos R$ 13 milhões,
R$ 5 serão apenas investidos na aquisição de dois novos aparelhos de hemodinâmica para a unidade de Itaquera, enquanto que Itaquá receberá R$ 4 milhões para o custeio da assistência de alta complexidade, entre leitos de internação e Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

O Palácio dos Bandeirantes também anunciou o aumento dos repasses mensais para as unidades do Santa Marcelina de Itaquá e do Itaim Paulista que, juntas, antes recebiam R$ 10 milhões por mês, (R$ 5 milhões em média) e tiveram aporte de R$ 569 milhões desde 2020, sendo responsáveis por 569 leitos de alta complexidade, incluindo internação e isolamento para casos de coronavírus (Covid-19). "A partir de 2022, a base mensal de custeio subirá para R$ 13 milhões mensais.

"Agradecemos toda colaboração das instituições Santa Marcelina. Sabemos quantas vidas foram salvas pela adequada assistência na pandemia, mas em paralelo a isso todas as outras demandas continuaram sendo atendidas, garantindo que toda população pudesse ser acolhida. Esses aportes darão a possibilidade de se atender muito mais consultas, exames e cirurgias", destacou o Secretário de Estado da Saúde, Jean Gorinchteyn.

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

Reclamações ou sugestões:

redacao@portalnews.com.br

Comercial e parcerias:

contato@portalnews.com.br

© 2021 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News de Comunicação

Desenvolvido por

Distribuído por