Prefeitura confirma mais três casos de Covid-19

Mogi - A Prefeitura confirmou na tarde de ontem que mais dois secretários municipais e um secretário adjunto testaram positivo para o coronavírus (Covid-19). Com estes, agora são cinco pessoas do alto escalão do Executivo municipal atingidos pela pandemia, incluindo o prefeito Caio Cunha (Pode).

A Prefeitura confirmou que o secretário Lucas Porto (Planejamento e Gestão Estratégica), Gabriel Bastianelli (Desenvolvimento Econômico e Inovação) e o secretário-adjunto João Gabriel Vieira (Saúde) testaram positivo. Segundo a administração municipal, todos estão em quarentena, passam bem e continuam desenvolvendo suas atividades à distância.

A administração municipal também confirmou que o secretário-adjunto de Educação, Caio Callegari, também foi contaminado, mas já se recuperou e voltou às atividades presenciais no dia 10 de janeiro. Até o momento, o prefeito de Mogi das Cruzes, Caio Cunha (Pode), segue em quarentena após ter sido diagnosticado com quadro positivo de Covid-19 no último sábado, depois de apresentar sintomas de parecidos com a gripe nos dias anteriores.

Questionados pela reportagem sobre as medidas sanitárias que estão sendo tomadas pelo poder Executivo, a Prefeitura informou que estão sendo adotadas todas as estratégias para o combate à pandemia: "Informamos que o Hospital Municipal Pref. Waldemar Costa Filho, no distrito de Braz Cubas, segue como referência no Alto Tietê para o combate à doença".

Vacinação

Dentre as medidas confirmadas pelo Município no combate ao Covid-19, a Secretaria de Saúde informou que ontem foi realizada a qualificação de 120 profissionais da Saúde para a campanha de imunização infantil planejada pelo governo do Estado para o final deste mês.

"Os profissionais receberam as orientações técnicas para a aplicação da vacina nas crianças, assim que o Estado enviar as doses", concluiu o município em nota enviada à reportagem. (A.D.)

Deixe uma resposta

Comentários