Câmara de Mogi

Cunha pede união à Câmara para os trabalhos deste ano

Prefeito falou que podem haver diferenças de opinião, mas melhorias para a população devem ser buscadas

André Diniz
02/02/2022 às 05:30
Atualizada em 02/02/2022 às 05:30.
Diego Barbieri/PMMC

Cunha discursou na abertura do Legislativo de Mogi - FOTO: Diego Barbieri/PMMC

Mogi - O prefeito Caio Cunha (Pode), na companhia da vice-prefeita Priscila Yamagami Kehler (Pode), compareceu à primeira sessão do legislativo na Câmara de Vereadores. O prefeito falou sobre os planos da administração e prestou esclarecimentos aos questionamentos dos vereadores.

Caio Cunha foi saudado pela nova Mesa Diretiva da Casa, presidida pelo vereador Marcos Furlan (DEM), e demais vereadores, que fizeram votos de sucesso para as atividades neste ano. Iduigues Martins (PT) usou o espaço para levantar alguns temas da administração municipal, como a repetição do contrato de coleta de lixo pela empresa Peralta Ambiental, zeladoria do asfalto, da mudança da rede do transporte coletivo e o contrato de prestação de serviço das funerárias.

Caio Cunha lembrou de sua carreira como vereador e dos questionamentos que realizou às administrações anteriores, e apresentou o relatório das ações da Prefeitura no exercício de 2021, ressaltando que foi um ano com grandes dificuldades, principalmente com o gerenciamento da Saúde no ponto alto da segunda onda da pandemia de coronavírus (Covid-19), e os desdobramentos nas áreas de Segurança e Assistência Social. "Quando viramos o ano com síndrome gripal e o número de casos aumentando, nos trouxe uma lembrança da agonia que vivemos, mas graças a Deus e à vacina, as pessoas vacinadas passaram com uma forma mais branda".

O chefe do Executivo ressaltou que o trabalho conjunto com a Câmara permitiu a criação do Auxílio Empreendedor Mogiano e o Auxílio Emergencial Mogiano. "Não precisamos concordar em tudo, mas que a nossa discussão e nossas diferenças de opinião não afete quem mais precisa. Estamos aqui por conta das pessoas e não meramente pelo voto", ressaltou.

O prefeito falou sobre algumas obras a serem entregues neste ano, como a nova Maternidade de Braz Cubas, o ginásio municipal, o novo Cias no Rodeio e a Unidade de Saúde da Família, e falou da necessidade de continuidade nas obras entre as administrações.

Sobre a renovação da coleta de lixo, Caio reiterou que a empresa Peralta Ambiental deixou a desejar e que não há mais espaço para desculpas. "Multas foram feitas e serão feitas - estas notificações interferem no processo licitatório que possam querer concorrer novamente. Ela ganhou mantendo o mesmo preço, e protocolamos no Ministério Público todo o processo do contrato emergencial", esclareceu.

O prefeito reiterou que a demora da Taxa de Custeio Ambiental (TCA) em 2021 afetou os estudos para a criação da Parceria Público Privada e o plano de resíduos sólidos, afirmando que abriu ao diálogo com a Câmara. "Precisamos decidir juntos: temos metas a cumprir até 2033, e se não cumprir fica invalidada a receber verbas voluntárias e emendas do governo federal e estadual. Uma das metas era a criação da taxa municipal para o Saneamento Básico, tendo que ter um investimento de R$2 bilhões para universalizar a coleta e o tratamento de resíduos. Temos que tomar uma atitude por nossa cidade, porque a conta vai chegar, e não teremos dinheiro para custear todas as obras que precisamos fazer, e não fugirei à responsabilidade".

Sobre a zeladoria asfáltica, o prefeito reiterou que está esperando condições atmosféricas mais favoráveis para as ações de recuperação. Em relação à licitação ds funerárias, ele informou que enviará nesta semana um novo projeto de Lei para a licitação de escolha das quatro empresas. "Sabemos que a mudança incomoda, e buscamos um novo jeito de trabalhar. A Prefeitura está disposta a se adaptar", concluiu.

 

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News