Legislativo

Furlan comenta sobre preparação dos vereadores para novo ano na Câmara

Novo presidente do Legislativo reafirma compromisso de diálogo com vereadores e explica necessidade de comprovante de vacinação para acesso às dependências da Casa

André Diniz
02/02/2022 às 05:30
Atualizada em 02/02/2022 às 05:30.

Mogi - Com a volta das sessões da Câmara de Vereadores, na tarde de ontem, o presidente do Legislativo, o vereador Marcos Furlan (DEM), concedeu entrevista ao MogiNews/DAT sobre o trabalho realizado no período de recesso de início de ano.

Furlan foi eleito no final do ano passado por 12 votos a 11 na escolha da nova Mesa Diretiva, onde disputou com o vereador Iduigues Martins (PT). A nova mesa também é composta por Mauro Margarido (PSDB), o Maurinho Despachante, como 1º Secretário e Juliano Botelho (PSB) como 2º Secretário; como 1º Vice-Presidente será a vereadora Maria Luiza Fernandes (SD), a Malu Fernandes, e Carlos Lucareski (PV) como 2º Vice-Presidente.

Segundo Furlan, o primeiro mês de atividades foi marcado por ações de cunho administrativo na Casa, com o foco na segurança sanitária e aumento da participação da população, além de ações políticas com todos os integrantes do Legislativo para o início do novo ano. "Estivemos falando com todos os vereadores, frente a frente, desde o início do ano", apontou.

Acerca da composição das novas Comissões Permanentes para o exercício de 2022, Furlan afirmou que este tem sido um tema tratado ao longo de janeiro, em que ouviu todos os vereadores, buscando a alocação de todas as vagas. "Na segunda-feira recebemos um grupo de vereadores, que desejava participar em algumas das comissões, mas mostramos que estas vagas já estavam ocupadas. Esperamos um retorno para fecharmos um consenso; caso não ocorra, iremos para a votação", explicou.

O presidente falou sobre a adoção do passaporte sanitário da comprovação de aplicação das doses básicas e de reforço contra o coronavírus (Covid-19) para entrar no prédio da Câmara. "Os casos de Covid-19 aumentaram muito, e a transmissibilidade da nova variante (ômicron) é grande. Soubemos que alguns gabinetes receberam pessoas que estavam com suspeita de contaminação, por isso buscamos organizar o fluxo. Outra das ações para impedir a circulação do vírus é a adoção do formato híbrido para as sessões", esclareceu.

Perguntado sobre os projetos herdados de 2021, Furlan assegurou que a busca do consenso tem sido para o andamento, visando superar as diferenças apontadas no final do ano passado. "Vamos conversar muito com os vereadores, sempre falando a verdade e buscando o consenso. Os projetos serão analisados e nenhuma pauta será deixada para trás", concluiu. (A.D.)

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

Reclamações ou sugestões:

redacao@portalnews.com.br

Comercial e parcerias:

contato@portalnews.com.br

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News