Finanças

Impostômetro indica alta de 11,5% na arrecadação da região

Moradores do Alto Tietê pagaram R$ 19,4 milhões a mais de impostos do início do ano até 10 de fevereiro

André Diniz
12/02/2022 às 05:30
Atualizada em 12/02/2022 às 09:38.
Divulgação

Painel Impostômetro divulga, em tempo real, a quantidade de impostos pagos - FOTO: Divulgação

Região - O sistema da Associação Comercial de São Paulo para estimar a arrecadação dos municípios de todo o país com impostos e tributos, o Impostômetro, apontou que as cidades do Alto Tietê tiveram um aumento de 11,54% na arrecadação municipal entre o início do ano e o dia 10 de fevereiro, na comparação com o mesmo período em 2021. No levantamento do sistema, o total de impostos das dez cidades foi de R$187,9 milhões em 2022, contra R$168,5 milhões no ano passado - uma diferença de R$19,4 milhões entre os períodos.

Mogi das Cruzes foi a cidade que teve a maior arrecadação entre os municípios do Alto Tietê e a maior diferença em valores totais entre o início de 2021 e o início de 2022: de R$56,2 milhões para R$ 62,7 milhões - um aumento de R$ 6,4 milhões. Poá teve a segunda maior arrecadação em impostos em 2022, com R$38,6 milhões, sendo R$ 3,9 milhões a mais que no período anterior, e foi seguida por Suzano, com R$32,7 milhões, com aumento de R$ 3,3 milhões.

Segundo Robinson Guedes, especialista em Administração e Finanças Públicas e coordenador do curso de Ciências Contábeis e de Administração da Faculdade Piaget, em Suzano, o aumento na arrecadação dos municípios segue uma tendência nacional, na qual o governo federal obteve recordes na arrecadação de impostos no ano passado. "Isto foi possível devido à inflação, com o aumento do preço dos produtos e dos impostos agregados. Em alguns segmentos o aumento esteve acima da inflação registrada no ano passado, na ordem de 10%, como o setor de combustíveis: pelo ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), o repasse para as cidades também aumentou", explicou.

Embora a inflação tenha empurrado para cima a arrecadação, Guedes contextualizou que, no mês de janeiro, a arrecadação com impostos municipais e estaduais é maior, com a cobrança do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) e o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), ou seja, outros fatores que contribuem para o aumento da arrecadação no início do ano fiscal.

 

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
editor@moginews.com.br
editor@jornaldat.com.br
aline.portalnews@moginews.com.br

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News