Suzano

Educação desmente suposto atentado a escola

Caso ocorreu na Escola Estadual Professora Lucy Franco Kowalski, no Jardim Suzanópolis

Ingrid Leone
24/02/2022 às 10:51
Atualizada em 24/02/2022 às 17:08.
Reprodução

Vídeo mostrava pais buscando os alunos na escola - FOTO: Reprodução

Circula um vídeo nas redes sociais sobre uma suposta invasão na Escola Estadual Profª Lucy Franco Kowalski, em Suzano, teria paralisado as aulas na manhã de hoje. A Polícia Militar e a Secretaria Estadual de Educação confirmaram que receberam várias denúncias do local, mas o suposto atentado foi desmentido. Segundo informações recebidas pela reportagem, teria ocorrido uma briga entre dois estudantes, e um deles, conseguiu entrar na escola com uma faca e outro com um soco inglês.

Faca utilizada por um dos estudantes.
Faca utilizada por um dos estudantes. - Divulgação/Polícia Militar

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo (Seduc-SP) informou que repudia todo e qualquer tipo de violência dentro e fora das escolas. E confirmou que não ocorreu nenhum atentado no local. A Ronda Escolar atendeu a ocorrência e conduziu os estudantes envolvidos para apreciação e medidas da polícia judiciária na presença dos respectivos responsáveis. Um deles foi flagrado com uma faca. As aulas seguiram normalmente e ninguém ficou ferido.

A equipe do Conviva Educação, o sistema de gestão gratuito para Dirigentes Municipais de Educação (DME), equipes técnicas das secretarias, gestoras e gestores escolares, foram acionadas para acompanhar as ações na E.E. Profª Lucy Franco Kowalski. O caso foi registrado na plataforma de monitoramento do programa, o Placon. 

Na região 

Em visita a Ferraz de Vasconcelos, ontem, o governador João Doria, falou sobre os casos de violência nas escolas estaduais. Segundo ele, após a tragédia na Escola Estadual Prof. Raul Brasil, o monitoramento de câmeras foi implantado em praticamente todas as unidades da rede. Imagens que são compartilhadas com a Secretaria da Segurança Pública.

Doria afirmou que as Guardas Civis Metropolitanas (GCMs) podem contribuir nesses casos, fazendo rondas por região e bairros. Segundo ele, a presença física dos oficiais é importante, e o tema da violência nas escolas não está restrito ao Estado e ao Brasil, mas também a países como os Estados Unidos. O governador afirmou que lamenta o episódio ocorrido em Suzano ontem, e que pedirá a participação do Setor de Inteligência na análise de casos como este.

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
editor@moginews.com.br
editor@jornaldat.com.br
aline.portalnews@moginews.com.br

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News