Mogi das Cruzes

Prazo de inscrições para programa de startups termina hoje

Processo de seleção do Polo Digital é dividido em duas etapas e inclui também treinamentos e mentorias

Raissa Sandara
01/03/2022 às 08:20
Atualizada em 02/03/2022 às 10:37.
Fabio Castilho/Divulgação

Programa de incubação do Polo Digital vai atender 10 startups por um período de 10 meses - FOTO: Fabio Castilho/Divulgação

Empreendedores que trabalham com startups voltadas aos nichos de soluções tecnológicas para Gestão Pública (GovTechs) podem se inscrever no processo seletivo do Programa de Incubação 2022. A iniciativa desenvolvida pelo Polo Digital de Mogi das Cruzes, por meio da Secretaria de Desenvolvimento e Inovação, disponibilizará até 10 vagas para novas startups, com duração de 10 meses. As inscrições terminam hoje, ao meio-dia, podendo ser feitas por meio do site poloconecta.mogidascruzes.sp.gov.br/incubacao.


As startups selecionadas poderão utilizar a estrutura do Polo Digital gratuitamente, tendo direito a uma sala para a empresa dentro do espaço. Os selecionados também participarão de mentorias e treinamentos, desenvolvidos pela Prefeitura de Mogi das Cruzes, pelo Sebrae e outras instituições parceiras. O programa deve ter início na segunda quinzena de março.


Segundo Fábio Castilho, diretor de Competitividade e Inovação no Polo Digital, o Programa de Incubação para startups é o primeiro programa do gênero no Brasil gerado e financiado pelo poder público. “O que oferecemos é um ciclo de incubação, as empresas chegam aqui com uma ideia validada, com um projeto em desenvolvimento e temos o objetivo de dar toda a formação e estrutura necessária para que a empresa desenvolva sua ideia”, explicou. O objetivo final da incubação, de acordo com ele, é "terminar o ciclo, que vai durar 10 meses, como uma empresa madura, que já está faturando e que já tem relação com a Prefeitura de Mogi das Cruzes”, contou.

Esta é a 5ª edição do programa, que tem acontecido anualmente desde 2018. Para participar é necessário preencher o formulário, enviando documentos como RG e CPF dos responsáveis pelo empreendimento, além do CNPJ da empresa e de uma apresentação em formato PDF. O processo seletivo ocorrerá em duas fases. Na primeira, serão avaliados os requisitos básicos para a submissão do projeto. Já na segunda etapa, os empreendedores farão uma apresentação curta para uma banca com membros do Conselho Municipal de Inovação e Tecnologia (CMIT).


Qualquer empresa estabelecida no Brasil pode se inscrever, desde que atue em alguma área solucionando problemas de interesse público por meio de processos de inovação e tecnologia, seja na Educação, na Saúde, Agricultura, Empregabilidade, Mobilidade, Meio Ambiente e Zeladoria. “Não tem problema se a empresa não for da região, basta que uma das pessoas seja”, ressaltou o diretor, explicando que as mentorias e outras atividades acontecerão de forma presencial no Polo Digital, localizado no distrito de César de Souza. 

“A iniciativa será destinada a projetos voltados aos desafios da gestão de políticas públicas”, conta o diretor de Competitividade do Polo Digital. “Nove startups finalizaram o ciclo do ano passado, todas elas possuem produtos finais desenvolvidos e validados, com contratos fechados ou em negociação com órgãos públicos ou a iniciativa privada”, relata.


Informação e saúde
Uma das empresas que participaram do Programa de Incubação 2021 foi a Conecta Pulse, a companhia desenvolveu um sistema de identificação portátil que funciona por meio de uma pulseira de silicone. Nele a pessoa pode ter dados médicos armazenados e lidos por QR Code, em casos de atendimentos de emergência.

“Os dados que o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) precisa para ter um atendimento rápido, como nome, peso, altura, tipo sanguíneo, telefone de emergência”, explicou Christian Giovannoni, CEO e co-fundador da Conecta Pulse. Segundo ele, outras informações podem ser adicionadas ao sistema de informações como remédios consumidos, doenças, alergias a medicamentos, comorbidades, carteira do plano de saúde, carteira de vacinação e número do cartão do Sistema Único de Saúde (SUS).


O público-alvo da Conecta Pulse inclui atletas, ciclistas, idosos, pessoas com necessidades especiais, autistas, socorristas, agentes de segurança e motoqueiros. “A empresa está no início ainda, nossas vendas são pela internet” contou Christian, ressaltando que o Conecta Pulse é, “praticamente um item de segurança”.

Evento desenvolvido pela Conecta Pulse no Polo Digital
Evento desenvolvido pela Conecta Pulse no Polo Digital - Arquivo Pessoal


Para Christian o Programa de Incubação é indicado para empresas que estejam no estágio de ideação do projeto. Uma das maiores vantagens do programa para ele foi a oportunidade de networking. “Antes a gente tinha poucos contatos com órgãos públicos, o Programa de Incubação nos fez entrar em contato direto com a prefeitura”, relatou o CEO da Conecta Pulse. “O programa é muito bom também em termos de troca de conhecimento e construção de networking com os empresários. Durante o processo todo há muita mentoria e troca de conhecimento e ideias, neste sentido, trouxe conteúdo que influenciou ideias e soluções”, detalhou Christian. 


Educação e tecnologia
Outra empresa beneficiada do Programa de Incubação em 2021 foi a TecAcademy, que trabalha com soluções tecnológicas na área da educação. Entre as atividades desenvolvidas pela companhia estão a criação, capacitação e suporte de projetos tecnológicos destinados à área de educação.


Walter Schmidt, CTO da empresa, conta sobre um dos projetos desenvolvidos pela TecAcademy. No início da pandemia de coronavírus, a empresa desenvolveu um trabalho de digitalização em uma escola em apenas cinco semanas. “O colégio não tinha um domínio registrado, nem site ou e-mail corporativo. Em cinco semanas, preparamos e configuramos um ambiente virtual de ensino 100% online”. Além da plataforma, a startup também capacitou alunos, pais e responsáveis, professores e coordenadores para o acesso e uso da página.

Walter Schmidt, CTO da TecAcademy, no Polo Digital
Walter Schmidt, CTO da TecAcademy, no Polo Digital - Arquivo Pessoal

“Conexão e colaboração são as principais funções do Polo Digital”, detalhou Walter. “Conhecer e se conectar com empresas para entender as necessidade de cada um dos envolvidos. A ideia é complementar uns aos outros e nesse processo fazer o match de soluções com os problemas que podem ser resolvidos”. Segundo Walter, inovar não implica apenas em criar novas tecnologias ou ideias revolucionárias. “A inovação está em resolver os problemas de forma mais fácil, rápida e eficiente”, enfatizou. “Utilizando a tecnologia e desenvolvendo essas soluções de forma digital podemos escalar levando o acesso a muitas mais pessoas”.


Compartilhando conhecimento
Além do Programa de Incubação para Startups, o Polo Digital também oferece espaço para coworking, por meio de agendamento no site; mentorias para empreendedores de diversas áreas do conhecimento, como área jurídica, marketing, gestão de pessoas, também por agendamento online; e workshops presenciais.

Nas redes sociais do espaço também é possível ter acesso a informações sobre tecnologia, startups, empreendedorismo e inovação. “Esses conteúdos são destinados para toda população, seja ela uma pessoa que nunca ouviu falar em startup e quer aprender, ou seja uma pessoa que está empreendendo e precisa de uma dica de Lei de Proteção de Dados (LGPD)”, concluiu o diretor de Competitividade e Inovação do Polo Digital.


Serviços
Programa de Incubação para Startups
Data: Hoje até o meio-dia 
Local: Av. João XXIII 1.160, distrito de César de Souza
E-mail: [email protected]
Site: http://poloconecta.mogidascruzes.sp.gov.br/incubacao/
Telefone: (11) 4798-6990
Todos os serviços desenvolvidos pelo Polo Digital são gratuitos

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News