Deputado Estadual

Câmara aprova duas moções de repúdio contra Arthur do Val

Em sessão com a Mesa Diretiva presidida por mulheres, plenário aprovou por unanimidade as duas moções

André Diniz
09/03/2022 às 05:30
Atualizada em 09/03/2022 às 05:30.
Diego Barbieri/CMMC

Vereadores condenaram as falas do deputado durante viagem dele à Ucrânia - FOTO: Diego Barbieri/CMMC

Mogi - A Câmara de Vereadores, com uma Mesa Diretiva comandada pelas três integrantes da Frente Parlamentar de Defesa dos Direitos das Mulheres, aprovou, ontem, duas moções de repúdio contra o deputado estadual Arthur do Val (Pode) por suas declarações de cunho sexista e indecorosas contra mulheres refugiadas da guerra na Ucrânia.

A composição da Mesa diretiva ficou a cargo de Maria Luiza Fernandes (SD), a Malu Fernandes, como presidente; Fernanda Moreno (MDB) como primeira Vice-Presidente, e Inês Paz (Psol) como segunda Vice-presidente. A composição extraordinária aconteceu em alusão ao Dia Internacional da Mulher, comemorado ontem.

A totalidade do Plenário aprovou duas moções de repúdio contra o deputado estadual devido às suas declarações dadas para colegas e amigos do Movimento Brasil Livre (MBL), enquanto estava na Ucrânia a pretexto de uma "ação humanitária".

A primeira moção de repúdio votada contou com a assinatura dos 23 membros da Câmara, com o apoio da subseção local da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), pedindo que a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) tome as devidas providências para a cassação do mandato por quebra de decoro parlamentar. A segunda moção foi assinada pelos três integrantes da bancada do Podemos na Câmara de Mogi: Maurino José da Silva (o Policial Maurino), Eduardo Ota e Johnross Jones Lima.

Durante as falas, os vereadores condenaram duramente as falas e atitudes do deputado. Inês Paz definiu como "bárbaro" e relembrou outros casos de violência contra a mulher, como o assédio sexual contra a deputada Isa Penna (Psol) no plenário da Alesp e o caso Mari Ferrer, onde o estuprador foi absolvido; Fernanda Moreno ressaltou que o caso atingiu um pré-candidato ao governo do Estado para as eleições deste ano; Mauro Yokoyama (PL) e outros parlamentares ressaltaram que o parlamentar estadual necessita, além de ser cassado, expulso do partido em que se encontra.

A moção de repúdio da bancada do Podemos apontou em sua composição que "tais atos não representam os princípios do partido, que o fato se torna ainda mais gravoso diante do conflito bélico, que intensifica a vulnerabilidade de milhares de pessoas, principalmente mulheres, crianças e idosos". Maurino reforçou que a decisão do partido conta com o apoio dos prefeitos do Podemos no Estado de São Paulo, sob iniciativa do prefeito de Mogi das Cruzes, Caio Cunha, que pediram o desligamento do deputado.

As mensagens, em sua maioria de baixo calão, foram vazadas de um grupo do MBL. Mamãe Falei declarou que as mulheres da Ucrânia "são fáceis porque são pobres", além de citar um suposto caso de turismo sexual praticado pelo coordenador nacional do MBL, Renan Santos. O deputado já deu declarações se desculpando, se retirou da pré-campanha ao governo do Estado e avisou que irá se desligar do Podemos.

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
editor@moginews.com.br
editor@jornaldat.com.br
aline.portalnews@moginews.com.br

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News