Consumo

Cinco das 10 empresas com mais queixas no Procon são bancos

Operadora de telefonia e comércio também lideram reclamações na unidade localizada em Itaquaquecetuba

Raissa Sandara
18/03/2022 às 05:30
Atualizada em 18/03/2022 às 13:44.
Emanuel Aquilera

Banco Brasil - FOTO: Emanuel Aquilera

Itaquá - Cinco das dez empresas mais denunciadas no Procon são bancos. Apenas no ano de 2021, consumidores insatisfeitos registraram 898 reclamações sobre serviços e produtos no órgão, referentes a 331 empresas. O maior número de reclamações, segundo o Procon, é sobre o banco Bradesco, seguido de outro banco, o Itaú. Em terceiro lugar, ficou a empresa de distribuição de energia EDP.

Também aparecem entre os líderes de queixas, a empresa Via Varejo, o aplicativo de compras coletivas Facily Social Commerce, a operadora de telefonia Tim, e os bancos Pan, Ficsa, Santander e BMG. De acordo com Marcello Barbosa, responsável pelo Procon de Itaquá e presidente do Conselho Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Condecon), é importante que o consumidor, antes de acionar o Procon, esgote o contato com a empresa reclamada.

Barbosa enfatiza que o reclamante deve guardar os números de protocolos de atendimentos antigos, relacionados à queixa, além de outros meios que comprovem que fez o necessário para resolução prévia do caso. Feito isso, o consumidor pode se dirigir até a unidade de atendimento para passar por uma triagem.

A vantagem de acionar o Procon ao invés da Justiça, segundo Barbosa, está no fato de poder esgotar as vias administrativas, obter provas que poderão auxiliar na resolução do conflito, tendo orientação e a fundamentação do Código de Defesa do Consumidor. Para o atendimento, é preciso levar documentos pessoais, RG e CPF, e comprovante de residência, e também documentos que comprovem a compra do produto ou serviço.

A partir da apresentação da documentação é emitida Carta de Informações Preliminares (CIP) pelo Procon. A CIP é enviada à empresa ou fornecedor requerendo informações, documentos e tentando agilizar a resolução do conflito.

O atendimento pode ser de forma presencial, na unidade localizado na rua Dom Thomaz Frey, 89, centro, que funciona de segunda a sexta-feira, das 9 às 16 horas. Não é necessário agendar horário. Também é possível entrar em contato pelo telefone (11) 4642-2005 ou pelo e-mail [email protected]

 

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News