De origem africana

Saúde promove medidas de controle a caramujos

Na última semana, os técnicos estiveram em uma área infestada no distrito de Braz Cubas

26/03/2022 às 05:30
Atualizada em 26/03/2022 às 08:31.
Divulgação/PMMC

Em Braz Cubas, foram coletados cerca de 12 quilos - FOTO: Divulgação/PMMC

Mogi - A Prefeitura de Mogi das Cruzes, por meio do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) e do Núcleo de Prevenção e Controle de Arboviroses (NPCA), promove ações de vigilância e controle do Achatina fulica, popularmente conhecido como caramujo gigante africano. Na última semana, os técnicos estiveram em uma área infestada do distrito de Braz Cubas, de onde foram coletados cerca de 12 quilos dos moluscos.

O trabalho envolve a coleta manual dos caramujos e a orientação dos moradores sobre limpeza e organização ambiental necessárias para a prevenção. O caramujo gigante africano começou a ser introduzido no país na década de 70 e tornou-se uma praga urbana e agrícola. Está envolvido em extensos danos em lavouras e com riscos à saúde.

A principal medida de controle é a catação e o descarte. A coleta deve ser manual, utilizando luvas de borracha ou sacolas plásticas nas mãos. Uma alternativa viável é mergulhar os caramujos por 24 horas em uma solução de água e hipoclorito (1 parte de hipoclorito para 3 partes de água), em seguida quebrar as cascas, ensacar e jogar no lixo ou enterrar com uma camada de cal para eliminar o odor.

A catação é melhor se realizada nas primeiras horas da manhã ou da noite. Outros cuidados são: manter limpos terrenos e quintais, eliminando lixo e entulho, e não amontoar folhas mortas, frutas caídas ou restos de capinação. Não é indicado uso de veneno pelo elevado risco de intoxicação de animais domésticos, crianças e até mesmo adultos. Mais informações pelo telefone 4794-4343.

 

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
editor@moginews.com.br
editor@jornaldat.com.br
aline.portalnews@moginews.com.br

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News