Nova proposta

Regras do Iprem devem ser promulgadas pela Prefeitura

Projeto foi aprovado na tarde de quarta-feira e voltará para a Prefeitura para nova análise

André Diniz
25/03/2022 às 05:30
Atualizada em 25/03/2022 às 08:39.
Mogi News/Arquivo

Proposta foi aprovada pela Câmara na sessão de quarta-feira passada - FOTO: Mogi News/Arquivo

Mogi - A Prefeitura informou na tarde de ontem que espera promulgar nos próximos dias a nova lei municipal que estabelece o Regime Previdenciário Complementar (RPC), aprovado na Câmara de Vereadores na tarde de quarta-feira. O novo projeto deve abranger todos os servidores da administração pública direta e indireta.

A proposta foi enviado para a Câmara no início de fevereiro deste ano, que trata também dos limites para o pagamento de aposentadoria - limite estipulado durante a reforma da Previdência federal aprovada em Brasília em 2019, pela Emenda Constitucional 103. O limite para pagamento será de
R$ 7.087,22

O poder Executivo mogiano informou que aguarda o envio do documento com o texto final aprovado na Câmara, para poder analisar as emendas apresentadas e votadas pelos vereadores para sanção e publicação da lei. "A expectativa é de que isso ocorra nos próximos dias, já que uma portaria do Ministério do Trabalho e Previdência estabeleceu prazo até 31 de março para a criação da lei que institui a Previdência Complementar nos regimes próprios", informou a municipalidade.

Questionado sobre a possibilidade de manter as emendas aprovadas pelos vereadores que aumentam a participação da Comissão de Assessoria da Previdência Complementar (CAPC), a Prefeitura de Mogi informou que a redação do texto final ainda será analisada.

A prefeitura ressaltou que, conforme aponta o texto, a adesão ao regime de previdência complementar será opcional e, portanto, não será possível prever quantos servidores irão aderir ao novo programa. "Todos os funcionários que ingressarem no serviço público após a publicação da nova lei estarão sujeitos ao teto do INSS", reforçou.

Sobre a avaliação da situação do Instituto de Previdência do Município (Iprem), responsável pela aposentadoria dos servidores públicos municipais, a Prefeitura reforçou que será mantida a capacidade de atendimento aos aposentados e pensionistas. "O Iprem realiza anualmente a avaliação de suas metas financeiras. No momento, o instituto assegura o cumprimento de compromissos futuros", concluiu.

 

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
editor@moginews.com.br
editor@jornaldat.com.br
aline.portalnews@moginews.com.br

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News