Segurança Pública

Roubos gerais apresentam queda de 14,7% em fevereiro

Na comparação entre 2021 e 2022, os assassinatos em Itaquaquecetuba diminuiriam de seis para dois casos

André Diniz
26/03/2022 às 05:30
Atualizada em 26/03/2022 às 08:09.
Divulgação

Assaltos no Alto Tietê caíram de 792 para 675 para o período analisado pela SSP - FOTO: Divulgação

Região - Levantamento da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-SP) para o Alto Tietê em fevereiro deste ano, divulgado na tarde de ontem, mostrou que os indicadores para crimes violentos tiveram relativa estabilidade na comparação com os números apresentados no mesmo período no ano passado.

Os dados tratam do trabalho da polícia e dos números totais e proporcionais dos principais crimes, como homicídio, roubos e furtos. No total, o Alto Tietê registrou 11 homicídios, 675 casos de roubo em geral (somando roubos de carga e roubos contra a pessoa) e 411 casos de roubo e furto de veículos.

Na variação entre fevereiro deste ano e fevereiro de 2021, o Alto Tietê manteve o mesmo número de assassinatos, e apresentou uma redução de 14,77% no número de roubos, que foi de 792 há um ano. Já entre os crimes contra proprietários de veículos, a criminalidade avançou 1,99% no comparativo (de 403 para 411).

Um dos destaques na comparação entre fevereiro deste ano e fevereiro do ano passado, a cidade que teve o maior recuo no número de homicídios foi Itaquaquecetuba, indo de seis para dois entre os períodos. A cidade que teve o maior avanço no número de assassinatos entre o ano passado e o mês passado foi Ferraz de Vasconcelos, que saiu do zero para três casos.

Nos números de fevereiro deste ano, dois municípios registraram zero absoluto em crimes contra a pessoa e contra o patrimônio: Biritiba-Mirim e Salesópolis. No ano passado, Biritiba-Mirim teve dois casos de roubo e um caso de furto de veículo; Salesópolis teve apenas um furto de veículo anotado em 2021.

Entre os homicídios, a cidade de Ferraz de Vasconcelos foi a que teve mais casos de violência, com três ocorrências. As cidades de Arujá, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes e Suzano, respectivamente, tiveram dois registros de morte.

Nos casos de roubo (incluindo roubos de carga e roubos contra indivíduo), Itaquaquecetuba teve o maior número de registros, com 190; Suzano esteve em segundo lugar com 167, e Ferraz de Vasconcelos com 136.

Já nos crimes de furto e roubo de veículos, Itaquaquecetuba teve o maior número de ocorrências, com 115 anotações; Suzano esteve em segundo lugar com 101, e Ferraz de Vasconcelos com 66.

 

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News