Mogi das Cruzes

EDP lança nova turma da Escola de Eletricistas para Mulheres

Iniciativa oferece formação profissional completa e possibilidade de contratação; inscrição vai até dia 18 de abril

Portal News
05/04/2022 às 15:41
Atualizada em 05/04/2022 às 15:41.
Divulgação/EDP

Além de bolsa-auxílio, as estudantes ganham certificado do SENAI e permanecem no banco de talentos da EDP - FOTO: Divulgação/EDP

Em alinhamento com sua estratégia de ampliar a diversidade e promover a equidade de gênero e oportunidades, a EDP, distribuidora de energia elétrica do Alto Tietê, lança uma nova turma da sua escola de eletricistas afirmativa para mulheres em Mogi das Cruzes (SP). Ao todo, serão ofertadas 16 vagas. As inscrições estão abertas até o dia 18 de abril.

Para concorrer a uma das posições, os requisitos são: ter acima de 18 anos, Ensino Fundamental completo e disponibilidade de horário integral (aulas das 8 às 17 horas), em Mogi das Cruzes. O curso está previsto para acontecer de 25 de maio a 10 de setembro. As participantes podem residir nas seguintes cidades: Mogi das Cruzes, Biritiba Mirim, Suzano, Ferraz de Vasconcelos, Itaquaquecetuba, Poá, Guararema, Salesópolis. Com o lançamento de sua primeira Escola de Eletricistas para Mulheres em 2018, a EDP foi a pioneira nesse tipo de iniciativa, que, desde então, permitiu elevar em seis vezes o número de mulheres nesta função na Companhia.

A Escola de Eletricistas proporciona formação profissional completa e possibilidade de contratação ao término do curso. As alunas receberão também materiais didáticos, uniformes e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), além de bolsa-auxílio e almoço no local. O programa reafirma o compromisso da EDP de direcionar pelo menos 50% de todas as suas contratações a profissionais de grupos sub-representados, como mulheres, pessoas negras, pessoas com deficiência, LGBTQIAP+ e 50+.

“Programas afirmativos são fundamentais para ampliarmos as oportunidades a grupos sub-representados a partir de um propósito genuíno de equidade. Desde 2018, as turmas afirmativas têm sido uma importante ferramenta de quebra de estereótipos na profissão de eletricista e empregabilidade de mulheres no setor”, destacou Fernanda Pires, vice-presidente de Pessoas e ESG da EDP no Brasil.

Sobre o curso e inscrições

Com carga horária de aproximadamente 500 horas e cerca de três meses de duração, a Escola de Eletricistas é gratuita e tem como foco a qualificação e capacitação na função de eletricista de redes de distribuição de energia. Após a finalização do curso, as estudantes recebem certificado chancelado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e permanecem no banco de talentos da EDP e de empresas parceiras, podendo participar de processos seletivos para vagas efetivas.

O curso terá aulas teóricas e práticas a respeito dos princípios e leis que regem o funcionamento de sistemas elétricos. O intuito é promover aprendizado sobre os procedimentos e técnicas necessárias para planejamento, execução, avaliação e inspeção das redes, bem como sobre manutenções preventivas e corretivas, dentro das normas técnicas e de segurança. Ao término do curso, a expectativa é que essas pessoas estejam capacitadas para o mercado de trabalho.

Mais informações podem ser obtidas por meio do site da EDP

Sobre a EDP no Brasil
Presente há mais de 20 anos no País, a EDP é uma das maiores empresas privadas do setor elétrico a operar em toda a cadeia de valor. Com mais de 10 mil colaboradores diretos e terceirizados, a Companhia tem negócios em Geração, Transmissão, e Soluções em Serviços de Energia voltados ao mercado B2B, como geração solar, mobilidade elétrica e mercado livre de energia. Em Distribuição, atende cerca de 3,6 milhões de clientes em São Paulo e no Espírito Santo, além de ser a principal acionista da Celesc, em Santa Catarina. Em 2021 foi eleita pelo segundo ano consecutivo a empresa mais inovadora do setor elétrico pelo ranking Valor Inovação, do jornal Valor Econômico, e é referência em ESG, ocupando o primeiro lugar do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3, no qual figura há 16 anos. 

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
editor@moginews.com.br
editor@jornaldat.com.br
aline.portalnews@moginews.com.br

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News