Mogi das Cruzes

Sintap aceita proposta e assina acordo salarial com a Prefeitura

Proposta prevê recomposição salarial de 10,92%, e garante outros benefícios, como aumento do vale-alimentação

Raissa Sandara
20/04/2022 às 05:30
Atualizada em 20/04/2022 às 07:08.
Reprodução

O prefeito Caio Cunha assinou o acordo com os representantes do Sintap - FOTO: Reprodução

Mogi - A Prefeitura e o Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública Municipal de Mogi das Cruzes e Guararema (Sintap) assinaram na tarde de ontem o acordo em relação ao aumento dos salários dos servidores municipais. A proposta feita pela Prefeitura e aceita pelos servidores em assembleia na última quarta-feira à noite, prevê uma recomposição salarial de 10,92%, e garante outros benefícios, como o aumento do vale-alimentação de R$ 207,65 para R$ 415,30. Apesar do acordo, um protesto havia sido convocado pelas redes sociais para ontem por funcionários insatisfeitos com a proposta.

Segundo a Prefeitura, a recomposição salarial de 10,92% é superior ao acumulado da inflação, que fechou em 9,73%. O cálculo da recomposição contabiliza 5,64% de aumento, retroativo a janeiro deste ano; e 5% a partir de março, incidindo este sobre aquele. A proposta ainda inclui um aumento de 100% do valor do vale-alimentação de 1.992 profissionais, a extensão do benefício de auxílio funeral aos celetistas, criação de jornada 2x2, uma folga para os servidores da jornada 12x36, flexibilidade no horário do almoço, melhoria das condições de trabalho na garagem de ônibus da educação, além da garantia de mais duas faltas abonadas no ano, totalizando quatro folgas.

Durante os últimos dias, circulou pelas redes sociais postagens de servidores municipais insatisfeitos convocando uma possível manifestação contra o acordo. Entre as alegações compartilhadas pelos funcionários públicos está o valor do dissídio anual, o fato da recomposição salarial não ter como base a inflação do ano atual e anterior, os valores perdidos devido ao não reajuste no período de pandemia e o fato da taxas públicas como Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) terem tido aumento.

Mesmo com os posicionamentos contrários, a prefeitura declarou que não haverá alterações no acordo. "A partir da assinatura no atual acordo, qualquer discussão daqui para frente será para o acordo do ano que vem", afirmou em nota. De acordo com o Sintap, mais de 250 servidores participaram da última assembleia, e 220 teriam aprovado a proposta. "A assembleia é soberana e os que estiveram nela aprovaram a proposta", disse Paulo Ricardo Alves Ramalho, tesoureiro do Sintap. Segundo ele, alguns dos servidores insatisfeitos com o acordo estiveram na assembleia, mas não eram associados ao sindicato.

 

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
editor@moginews.com.br
editor@jornaldat.com.br
aline.portalnews@moginews.com.br

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News