Mogi das Cruzes

Câmara quer explicações da EDP sobre quedas de energia

Vereadores utilizaram a tribuna na tarde de ontem para cobrar a concessionaria de energia elétrica da cidade

André Diniz
27/04/2022 às 05:30
Atualizada em 27/04/2022 às 07:10.
Diogo Barbieri/CMMC

Declarações vieram logo após a ventania do final de semana que atingiu a região - FOTO: Diogo Barbieri/CMMC

Na sessão da Câmara de Vereadores, na tarde de ontem, diversos vereadores utilizaram o espaço para pedir explicações sobre as quedas de energia na cidade e cobrando a concessionária de energia elétrica EDP, responsável pelo fornecimento na região.

As declarações vieram depois da ventania que atingiu o Alto Tietê no último sábado, que teria causado danos nas redes de distribuição em vários bairros de Mogi, com impacto mais sentido na região rural.

Segundo Pedro Komura (PSDB), o episódio meteorológico causou danos que ainda não foram consertados pelas equipes da EDP, causando prejuízos para diversos produtores rurais. Os mais afetados seriam os produtores de flores, que estão tendo prejuízos com perda da produção às vésperas do Dia das Mães, data importante no calendário dos agricultores.

"A Secretaria de Meio Ambiente tem que cobrar a EDP para a manutenção preventiva, principalmente nas árvores que podem cair sobre a rede. Temos notícias de mais de 1,1 mil casas que foram afetadas na região no último sábado, e ainda há regiões na cidade que não tiveram a energia restabelecida", lembrou o vereador.

Outro ponto criticado pelo parlamentar é a falta de um retorno da concessionária aos pedidos de informações por parte do gabinete. "Eles não nos atendem mais. A população e a economia sofrem, e temos que tomar providências urgentes", clamou Komura.

Outro vereador que ressaltou o problema no fornecimento de energia em Mogi foi José Francimário Vieira (PL), o Farofa, citando o caso de um produtor de cogumelos no distrito de Quatinga que sofreu R$12 mil em perdas no final de semana com a queda de energia, e ressaltou a urgência de uma reunião conjunta da Câmara e da Prefeitura com os dirigentes regionais da EDP. "Temos o caso de um grupo de agricultores assentados pelo Incra que há sete anos tentam uma ligação. Será que temos que ir até Brasília, com a ajuda de nossos deputados, falar com a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica)?", questionou.

O vereador Edson Santos (PSD) parabenizou as intervenções dos seus colegas e falou dos impactos sobre a produção industrial, citando o caso de uma empresa na Ponte Grande que ficou parada desde sábado até a tarde de ontem: "São 30 funcionários parados, são famílias inteiras afetadas", clamou.

O presidente da Câmara de Mogi das Cruzes, Marcos Furlan (Pode), lembrou que a Casa de Leis convidou representantes da EDP para falar sobre o trabalho de manutenção preventiva na cidade, mas que por diversas vezes o encontro foi remarcado, com a última data para 12 de maio. "Vamos pedir e nos posicionar para que a reunião seja feita o mais breve possível, pois é de interesse de todos os vereadores".

 

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News