Polêmica

Criação do metaverso nas igrejas viraliza na internet

Presbítero afirma que é preciso ter muita prudência e responsabilidade para aproveitar novas ferramentas

Aline Sabino
15/05/2022 às 05:30
Atualizada em 15/05/2022 às 09:13.
Divulgação

hgtcku - FOTO: Divulgação

A crescente adesão à tecnologia nos templos tem se tornado uma prática cada vez mais comum. O uso de novas ferramentas e equipamentos tem trazido às igrejas mais conforto e comodidade. Nos último dias, um dos assuntos mais comentados no meio gospel foi a inclusão do digital metaverso em uma igreja nos Estados Unidos. O pastor e cantor André Valadão, líder da Igreja Batista da Lagoinha Church, inaugurou uma nova maneira de transmitir os cultos. Além de utilizar as redes sociais como ferramenta para alcançar o público, agora o religioso inaugurou a "Lagoverso".

O metaverso é um conceito de universo online 3D que combina diversos ambientes virtuais. Podemos imaginar o metaverso como uma interação futura da internet. O metaverso permitirá que os usuários trabalhem, se encontrem, joguem e socializem em ambientes 3D. Ou seja, o metaverso é um espaço digital de realidade virtual no qual os usuários podem interagir através da criação de personagens ou avatares. 

Há algumas semanas, o The Christian Post, um jornal neopentecostal sediado em Washington, capital americana, entrevistou, o escritor, jornalista e comentarista, Billy Hallowell, sobre o assunto. O especialista afirmou que a nova ferramenta tem "roubado" os membros das igrejas físicas e que essa é uma tendência para as próximas gerações.

Mas, o que a bíblia diz sobre o avanço da tecnologia?

O advogado e presbítero Cristiano José de Souza, da igreja Assembleia de Deus - Ministério Vila Amorim, em Suzano, afirmou que "a palavra de Deus é inerente, infalível e imutável. As escrituras nos relatam sobre os tempos vindouros". Souza citou uma passagem da bíblia que diz: "Mas você, Daniel, feche com um selo as palavras do livro até o tempo do fim. Muitos irão ali e acolá para aumentarem o conhecimento, Daniel 12.4".

De acordo com o presbítero, a evolução da tecnologia estava prevista na bíblia. "Eu acredito que as palavras do livro de Daniel que dizem que, 'muitos correrão de uma parte para outra e a ciência se multiplicará', foi uma revelação do anjo ao profeta, mostrando que no tempo do fim haveria muita velocidade no mundo", ressaltou.

Em meio à crescente virada para a tecnologia, de acordo com Souza, é preciso ter sabedoria. "A tecnologia na igreja pode ser utilizada na sua totalidade, porém precisamos ficar atentos, para não substituir a inteligência humana pela artificial, por exemplo, comunhão, tempo de mesa, e relacionamento presencial. É preciso ter muita prudência e responsabilidade para aproveitar novas ferramentas", declarou.

Para o presbítero ter cuidado com excessos é fundamental. "Tudo me é permitido, mas nem tudo convém. Ou seja, tudo me é permitido, mas eu não deixarei que nada me domine (Coríntios: 6:12)". Segundo ele, os jovens precisam de supervisão. "Os pais precisam ficar atentos e até supervisionar a utilização dessas tecnologias", ressaltou o religioso.

 

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News