Mogi das Cruzes

Vereadores cobram políticas públicas para ciclistas

Assunto virou discussão no Legislativo após a confirmação da morte de mais um ciclista, no domingo passado

André Diniz
04/05/2022 às 05:30
Atualizada em 04/05/2022 às 07:38.
Diego Barbieri/CMMC

Inêz Paz lembrou de ciclista morto em abril - FOTO: Diego Barbieri/CMMC

A Câmara de Vereadores cobrou um posicionamento da Prefeitura sobre políticas públicas voltadas aos ciclistas e cicloativistas na tarde de ontem, durante os trabalhos da sessão. O tema foi tratado pelos parlamentares após um novo caso de morte de um ciclista no município, sendo o terceiro em menos de 30 dias.

O caso da morte do ciclista Peter Vitek, de 45 anos, no último domingo, na estrada das Varinhas, foi citado por vereadores de todos os blocos políticos, como um sinal da falta de investimentos e políticas públicas por parte do poder Executivo.

A vereadora Inês Paz (Psol), durante a primeira etapa de pequeno expediente, usou seu tempo para falar do ato promovido por coletivos de ciclistas na noite de anteontem, em memória a Jair Monteiro de Moraes, 64, morto no dia 6 de abril em frente à Estação Estudantes, da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

O presidente da Câmara, Marcos Furlan (Pode), falou sobre o pedido recentemente apresentado no Legislativo para uma reunião com a secretária de Mobilidade Urbana, Cristiane Ayres, e reforçou a importância do investimento no modal ciclístico, que está atraindo turistas para Mogi, que é o ponto de partida da Rota da Luz.

Durante os destaques das indicações feitas pelos vereadores, os membros da Casa de Leis se revezaram durante a indicação 1.439/2022, de autoria de Iduigues Martins (PT), pedindo que o setor competente da administração municipal tome ações direcionadas aos pedestres e ciclistas, com programas de orientação e conscientização no trânsito.

Durante as deliberações, o autor da indicação reforçou o pedido a Caio Cunha para a implantação de políticas públicas. Johnross Jones Lima (Pode) falou sobre o recém-inaugurado Observatório Municipal de Segurança Viária, e sobre a implantação do Plano Municipal Cicloviário. José Francimário Vieira (PL), o Farofa, falou sobre a possibilidade de reuniões com o Departamento de Estradas de Rodagem (DER-SP) para melhorias nas estradas vicinais. Maurino José da Silva (Pode), o Policial Maurino, reforçou a necessidade de investimento na educação e conscientização dos motoristas para o respeito ao ciclista e às normas do Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Ordem do dia

O parlamento aprovou um projeto de Lei, de autoria de Eduardo Ota (Pode) sobre a implantação nas escolas da rede pública municipal o quadro branco e uso de caneta hidrocor, em substituição ao modelo tradicional de quadro negro com giz.

Segundo o autor da propositura, o projeto visa reduzir o impacto do pó de giz na saúde respiratória de alunos e professores. Segundo o texto, o município terá até dois anos para atualizar as salas de aula para o novo formato.

O projeto, depois de aprovado, segue para o Poder Executivo municipal para sanção ou veto.

 

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
editor@moginews.com.br
editor@jornaldat.com.br
aline.portalnews@moginews.com.br

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News