Poá

Prefeitura e sindicatos tentam acordo salarial

Paralisação dos serviços na cidade está marcada para hoje, juntamente com ato de protesto

André Diniz
10/05/2022 às 05:30
Atualizada em 10/05/2022 às 07:20.
Divulgação

Protesto de servidores poaenses está marcado para hoje - FOTO: Divulgação

A Prefeitura de Poá realizou, na manhã de ontem, uma reunião com representantes sindicais dos servidores para tratar da pauta de reajuste salarial, além da possibilidade de paralisação dos serviços marcada para hoje, juntamente com ato de protesto em frente ao Paço Municipal.

O encontro foi promovido entre os secretários Márcio Borzani (Governo e Serviços Urbanos), Lucas Bertagnolli (Chefia de Gabinete) e os representantes do Sindicato dos Professores de Escolas Públicas (Sineduc) e Sindicato dos Trabalhadores Públicos da Saúde no Estado de São Paulo (SindSaúde).

Na reunião, foram debatidos os projetos de Lei enviados à Câmara pelo poder Executivo para o reajuste de 6% dos servidores e retorno do vale-alimentação de R$ 250 mensais para trabalhadores com salário de até R$ 4 mil.

Segundo Borzani, as medidas adotadas pela Prefeitura foram necessárias para o equilíbrio das contas da cidade. "Apesar de termos finalizado 2021 com um saldo positivo, não tínhamos nenhuma perspectiva de proporcionar qualquer melhoria aos servidores municipais, haja vista que, um reajuste de 0,5% na época, já estouraria o teto permitido pela Lei de Responsabilidade Fiscal", afirmou.

Na reunião, Bertagnolli reforçou que os valores estariam de acordo com a realidade econômica do município, e reiterou que manterá os canais de negociações abertos bem como o município buscará promover mais benefícios.

Horas antes, a Associação dos Profissionais e Trabalhadores da Educação de Poá (Apep) divulgou uma carta aberta, chamando a população para participar do ato. Segundo lideranças do movimento, a expectativa é de que a maioria dos profissionais da educação do município irá aderir ao ato.

 

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
editor@moginews.com.br
editor@jornaldat.com.br
aline.portalnews@moginews.com.br

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News