Assistência Social

Auxílio Brasil concede no Alto Tietê R$ 43,9 milhões

Valor médio do benefício nas cidades da região é de R$ 409,06 para as pessoas atendidas pelo novo programa

André Diniz
29/05/2022 às 06:00
Atualizada em 30/05/2022 às 16:08.
Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Programa Auxílio Brasil foi instituído neste mês - FOTO: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Alto Tietê - Um levantamento do Grupo MogiNews/DAT junto ao Ministério da Cidadania apontou nesta semana que a parcela de maio do programa Auxílio Brasil deve concedermais de R$ 43,9 milhões, entre recursos da chamada "Cesta Raiz" e recursos extraordinários da iniciativa.


A lei federal que institui o programa, que substitui o Bolsa Família, encerrado no final do ano passado, foi assinada pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) neste mês. Segundo o governo federal, a expectativa é que 18,1 milhões de famílias em todo o país sejam beneficiadas, com um investimento total de R$ 4,3 bilhões em maio.


No total, 107.298 famílias na região receberão o Auxílio Brasil, destinado para o combate à pobreza extrema com vigência até o final do ano, com investimento de R$ 23.388.365 até o final do mês. Para o Benefício Extraordinário - um complemento ao Auxílio Brasil de caráter permanente - serão 96.066 famílias beneficiadas, com R$ 20.537.780,00.


A cidade com o maior número de famílias abraçadas pelo Auxílio Brasil é Mogi das Cruzes, com 31.553 cadastros, e um total de R$ 7,729 milhões empenhados. A segunda cidade com o maior número de cadastrados é Itaquaquecetuba (21.301 beneficiários - R$ 4,067 milhões) e Suzano em terceiro lugar (18.252 beneficiários, R$3,204 milhões). Salesópolis é a cidade que possui numericamente o menor número de famílias incluídas no programa, com 966 referenciados, totalizando um investimento de R$ 389 mil.


A média por família beneficiada no Alto Tietê é de R$ 409,06. Entretanto, a cidade que possui o maior valor médio, que é somado à chamada "cesta raiz" de cobertura do Auxílio Brasil e Auxílio Extraordinário, é Poá, que em média paga R$ 414,97 para cada família. O valor pago a cada família depende de diversos fatores que compõem a "cesta-raiz" do programa, que atende à primeira infância, composição familiar, combate à pobreza extrema e compensações oriundas da transição ao Programa Bolsa Família.

Uma apuração sobre os dados disponibilizados pelo Ministério da Cidadania também revelou que metade dos municípios da região pagam abaixo da média de R$ 409,06: Suzano (R$ 402,93), Itaquaquecetuba (R$ 403,77), Salesópolis (R$ 404,28), Biritiba-Mirim (R$ 405,79) e Santa Isabel (R$ 406,22).

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News