Saúde

Pró-Mulher é inaugurado e Cunha estuda mudança do Pró-Criança

Novo ambulatório está localizado no complexo da nova Maternidade Municipal no distrito de Braz Cubas

André Diniz
10/06/2022 às 06:00
Atualizada em 10/06/2022 às 06:00.
André Diniz

Prefeito, vereadores e família Mori prestigiaram inauguração do novo espaço - FOTO: André Diniz

Mogi - O prefeito Caio Cunha (Pode) anunciou na manhã de ontem que o ambulatório Pró-Criança poderá ser transferido para o antigo prédio do Pró-Mulher, ambos localizados no Mogilar. O anúncio foi feito durante a inauguração das novas instalações do Pró-Mulher, ambulatório voltado à saúde feminina, localizado no distrito de Braz Cubas. O evento contou com a presença de membros dos poderes Executivo e Legislativo, além da família de Mieko Koike Mori, que dá o nome à nova unidade.

O prefeito de Mogi das Cruzes, durante o ato de abertura do novo Pró-Mulher, reforçou que o município tem buscado manter o alto padrão de serviços municipais de Saúde, mesmo durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19): "Em nenhum momento retiramos ou mudamos o nome dos serviços oferecidos. O Pró-Mulher funciona bem e é da cidade".

Ao final de sua fala, o prefeito anunciou que a administração municipal estuda fazer um remanejamento do atual Pró-Criança para o antigo prédio do Pró-Mulher, que passará por reformas, passando de 500 m² para 1.200 m² de área construída. "É um espaço muito maior. Atualmente o Pró-Criança não comporta a demanda, e vamos preparar o prédio para isso", concluiu o prefeito.

O novo espaço oferecerá os mesmos serviços de sua localização original, como colposcopia e vulvoscopia, planejamento familiar, atendimento com assistente social, psicólogos, enfermagem, médicos e USG transvaginal, ultrassom obstétrico e banco de leite, juntamente com novas práticas integrativas, como meditação, automassagem, auriculoterapia, rodas de conversa sobre saúde mental e empoderamento feminino, além de nova especialidade em dermatologia.

Segundo o secretário de Saúde de Mogi das Cruzes, Zeno Morrone Junior, a decisão pela transferência do Mogilar para o distrito de Braz Cubas teve como principal objetivo formar um complexo municipal de saúde, unindo o Hospital Municipal Prefeito Waldemar Costa Filho, a Unica Fisioterapia, a nova Maternidade Municipal e o Pró-Mulher.

"A saúde da Mulher conta com a Unidade Básica de Saúde como porta de entrada, e por encaminhamento e referenciamento a continuação do diagnóstico será feita aqui. Alguns exames complementares são de responsabilidade do governo do Estado, mas disponibilizaremos para nossas moradoras", explicou o chefe da Pasta.

A vice-prefeita de Mogi das Cruzes, Priscila Yamagami Kehler (Pode), reforçou durante a abertura do novo equipamento médico a importância de um local focado na saúde feminina, e agradeceu pelos esforços feitos para a transferência sem a interrupção dos serviços na cidade. "Obrigado a todos, e espero que possamos usufruir de um equipamento feito com carinho para todas as mulheres e todos os mogianos", afirmou.

 

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News