Combustível

Preço médio da gasolina tem queda em cidades da região

Levantamento compara os dados da ANP das semanas do dia 19 a 25 de junho e do dia 26 de junho a 2 de julho

Everton Dertonio*
06/07/2022 às 06:00
Atualizada em 06/07/2022 às 06:00.
Divulgação

Pesquisa do Procon-SP apontou queda de R$ 0,35 - FOTO: Divulgação

O preço médio da gasolina comum diminuiu nos postos de Mogi das Cruzes, Itaquaquecetuba, Suzano e Poá, por outro lado, mesmo tendo queda no preço médio do etanol hidratado na maioria das cidades, em Poá, o valor aumentou. A queda no valor é reflexo da redução da alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) dos combustíveis aplicada pelo governo do Estado no último dia 27 de 25% para 18%. Os dados são da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) entre 19 a 25 de junho e a semana passada, do dia 26 de junho a 2 de julho.

A cidade que demonstrou maior queda no valor médio da gasolina comum foi Itaquá (4,07%), indo de R$ 6,810 para R$ 6,533. Em seguida estão Suzano (5,56%), Mogi (3,36%) e Poá (2,48%).

Em Suzano, o preço médio da gasolina comum foi de R$ 6,780 para R$ 6,403. Já em Mogi, foi de R$ 6,911 para R$ 6,679, os valores mais caros da região. No município de Poá, o preço médio caiu de R$ 6,620 para R$ 6,456. O valor mais alto do combustível comum foi encontrado em Mogi, R$ 6,990. Por outro lado, menor valor foi de Poá, R$ 6,360.

Em relação ao etanol hidratado, a cidade que registrou maior queda na média de preço entre as semanas analisadas foi Suzano (7,59%), indo de R$ 4,477 para R$ 4,137. Itaquá e Mogi tiveram diminuição de 2,67% e 0,61% respectivamente, enquanto Poá apontou crescimento (1,74%), subindo de R$ 4,264 para R$ 4,338. O preço médio do álcool em Itaquá caiu de R$ 4,379 para R$ 4,262 e em Mogi de R$ 4,568 para R$ 4,540.

Na semana passada, foi possível encontrar o valor mais caro de etanol hidratado em Mogi: R$ 4,790. Já o preço mais barato foi encontrado em Itaquá e Poá: R$ 3,990.

Donato Kano, proprietário de um posto de gasolina no bairro Alto do Ipiranga, em Mogi, espera que o movimento melhore com a redução no preço. "O volume de renda já era baixo e, se não houver reação, ficará pior. Até antes dessa redução, quando o preço estava lá em cima, embora percentualmente a margem de venda bruta estivesse bem ruim, em termos de valor até que era razoável. Com o preço caindo, espero que haja um aumento no movimento do posto, que vem diminuindo desde o início da pandemia", afirmou. 

Procon

A pesquisa de preços do Procon-SP, após a redução do ICMS, verificou 1.024 estabelecimentos, e no geral, o valor reduzido foi de R$ 0,35 em postos da Grande São Paulo, litoral e interior do Estado. 

*Texto supervisionado pelo editor.

 

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News