Saúde

AME de Mogi receberá em agosto programa de oncologia

Unidade vai prestar atendimento com exames, consultas, cirurgias e sessões de quimioterapia

Aline Sabino
17/07/2022 às 06:00
Atualizada em 18/07/2022 às 10:47.
Divulgação

Unidade está entre as primeiras do Estado que devem iniciar com o atendimento integral - FOTO: Divulgação

Mogi - O Ambulatório Médico de Especialidade (AME) de Mogi das Cruzes vai receber a partir de agosto o programa AME Oncologia, lançado em junho pelo governo do Estado. A iniciativa contempla a oferta de diagnóstico e tratamento contra o câncer. A unidade, de acordo com a Secretaria de Saúde do Estado (SES), vai prestar atendimento com exames, consultas, cirurgias e sessões de quimioterapia. O AME de Mogi está entre as cinco primeiras unidades do Estado que devem iniciar com o atendimento integral, o que inclui as AMEs de Taubaté, Itapetininga, Santo André e Dracena.

Segundo a Pasta, o novo programa vai oferecer mais de 20 mil sessões de quimioterapia por ano, beneficiando mais de 3,2 mil novos pacientes. O investimento do governo do Estado nesta primeira fase, que poderá ter o atendimento em quimioterapia estendido para outras unidades, é de R$ 4,5 milhões, com custeio anual previsto de R$ 50 milhões.

Com o programa de oncologia, a unidade em Mogi passa a integrar a Rede Hebe Camargo de Combate ao Câncer e vai oferecer assistência mais próxima do paciente, que não precisará mais se deslocar para outras unidades para receber atendimento. Além das vantagens assistenciais, o AME Oncologia otimiza os recursos do governo do Estado, uma vez que a instalação das cinco unidades terá um investimento 80% menor que a implantação de um novo hospital para este fim, já que potencializam a estrutura existente na rede de ambulatórios.

O programa também vai oferecer assistência contra o câncer de pele e de intestino em outras unidades de todas as regiões do Estado. A previsão é que 61 ambulatórios passem a prestar atendimento com consultas, exames, biópsias e cirurgias contra o câncer de pele. As unidades terão uma agenda exclusiva para o tratamento oncológico, com prazo reduzido de 90 para 45 dias. Os pacientes serão encaminhados pelos municípios com um protocolo especial para o tratamento da doença.

Já com relação ao câncer de intestino, o tempo de diagnóstico deve cair de 90 para 30 dias com a oferta de colonoscopia nos AMEs. O câncer de colón e reto é o que possui a segunda maior incidência no Estado. A agilidade no diagnóstico é considerada fundamental para um tratamento mais eficaz e com maior chance de cura. A agenda exclusiva para o câncer de intestino será ofertada em 39 AMEs.

 

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News