22
Radares

Período de adaptação sobre fiscalização eletrônica tem início

Até o dia 26, aparelhos não vão emitir autuações; a partir de 27 de julho, motoristas passarão a ser multados

20/07/2022 às 07:00
Atualizada em 20/07/2022 às 07:00.
Divulgação/PMMC

Ao todo, 30 locais receberam os equipamentos; número menor que o do contrato anterior, - FOTO: Divulgação/PMMC

Os motoristas de Mogi das Cruzes devem ficar atentos para o início do período de adaptação do funcionamento dos equipamentos de fiscalização eletrônica, que começará hoje. Até o dia 26, os aparelhos estarão em operação, mas sem emitir autuações. A partir de 27 de julho, os motoristas que cometerem infrações de trânsito passarão a ser multados. 

Ao todo, 30 locais receberam os equipamentos, número menor que o do contrato anterior, que era de 32. Estes pontos foram definidos após análise e estudos técnicos, que levam em conta fatores como acidentalidade, potencial de risco, características das vias, fluxo de veículos e pedestres, entre outros. Em sua maioria, os pontos em que os equipamentos estão sendo implantados já contavam com fiscalização eletrônica anteriormente. O novo contrato também não prevê a utilização de equipamento estático, popularmente conhecido como "radar móvel", que era foco de reclamações e dúvidas da população.

Nos locais em que os equipamentos foram instalados, a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana implantou faixas para alertar sobre o início do período de adaptação e a data de começo da fiscalização. Além disso, todos os pontos receberam sinalização específica, o que não é obrigatório pela legislação federal de trânsito.

"Os equipamentos de fiscalização eletrônica são ferramentas para a segurança viária, que fazem parte de um amplo trabalho que também conta com ações de educação para o trânsito, sinalização e engenharia de tráfego. O objetivo não é autuar, mas, sim, salvar vidas", explicou a secretária municipal de Mobilidade Urbana, Cristiane Ayres.

A secretária lembrou ainda que, diferentemente do que ocorria anteriormente, a Prefeitura fez a contratação de serviços de tecnologia a serem utilizados na mobilidade urbana do município. Dentro deste novo conceito, a fiscalização eletrônica é apenas uma parte deste trabalho, e não mais o único serviço prestado. O fornecimento de soluções de inteligência viária, câmeras de monitoramento viário, painéis para alertas e mensagens para os motoristas, tecnologia para o transporte coletivo e a operação de uma central informatizada de trânsito, estão dentro da nova contratação que, entre outras ações previstas, trará a modernidade, a atualização tecnológica e a agilidade necessárias para uma gestão inteligente e inclusiva da mobilidade urbana.

 

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News