22
Botujuru

Semae e Infraestrutura fazem entrega de sistema de esgoto

Sistema está 99% finalizado, faltando a ligação da energia elétrica de uma das estações de bombeamento

22/07/2022 às 07:00
Atualizada em 22/07/2022 às 07:00.
Pedro Chavedar/PMMC

O prefeito, a vice-prefeita, secretários e vereadores participaram da entrega - FOTO: Pedro Chavedar/PMMC

Mogi - A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana e do Serviço Municipal de Águas e Esgotos (Semae), concluiu o sistema de esgotamento sanitário do Botujuru. A entrega oficial foi realizada na manhã de ontem pelo prefeito Caio Cunha e a vice, Priscila Yamagami Kähler, com o acionamento de uma das estações de bombeamento.

Para o pleno funcionamento do sistema, é necessário que os moradores construam as caixas de inspeção para posterior ligação na rede. Funcionários do Departamento Comercial do Semae já iniciaram visitas às casas para passar as orientações.

"A conclusão desta obra é algo muito significativo. O bairro esperava por isso há muitos anos. É uma conquista que não é nossa, mas dos moradores", afirmou o prefeito. "Estamos muito felizes com esta entrega, que trará mais qualidade de vida para as pessoas", completou a vice.

"O Semae está orientando a população quanto à construção das caixas de inspeção para fazermos as ligações das casas à rede. Dentro de duas semanas, pretendemos levar nossa Agência de Atendimento Móvel ao Botujuru para reforçar as orientações. O esgotamento sanitário é importante por ser uma questão de saúde pública e meio ambiente", destacou o diretor-geral adjunto da autarquia, Michel Reche Beraldo.

A data e o endereço de atendimento da Agência Móvel serão divulgados com antecedência.

De acordo com a Secretaria Municipal de Infraestrutura Urbana, responsável pela obra, o sistema está 99% finalizado, restando apenas a ligação da energia elétrica de uma das estações de bombeamento, o que está previsto para ocorrer na próxima semana. A obra foi realizada pela Prefeitura e o Semae assume a operação do sistema.

Os secretários de Infraestrutura Urbana, Alessandro Silveira e Leila Alcântara (adjunta), detalharam o investimento de R$ 37,3 milhões na implantação de 56 quilômetros de redes de esgoto, sete estações elevatórias, 4 mil metros de linhas de recalque (bombeamento) e 4,5 mil metros de coletores-tronco.

O sistema atende o Botujuru e parte de Cezar de Souza. O esgoto coletado será enviado para a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Leste, em Cezar de Souza.

"A obra representará um ganho muito grande de qualidade de vida para a população e é um grande marco para os moradores", destacou Silveira. "Até 2020, 60% da obra havia sido concluída. A partir de 2021, finalizamos cinco estações elevatórias e o restante da rede", explicou Leila.

No Conjunto Jefferson, em Cezar de Souza, o sistema já estava em operação desde 2019, quando o Semae interligou a rede de esgoto, o que possibilitou a desativação da estação de tratamento do bairro - os efluentes passaram a ser enviados para a ETE Leste, com utilização de uma estrutura mais moderna.

Também participaram da entrega os vereadores Marcos Furlan (presidente da Câmara), Edson Alexandre Pereira, o Edinho do Salão; Edson Santos; Johnross Lima; José Luiz Furtado; Juliano Botelho; Malu Fernandes; Maurino José da Silva, o Policial Maurino, Osvaldo Silva e Vitor Emori.

Caixa de inspeção

A caixa de inspeção de esgoto tem a função de fornecer acesso à tubulação, facilitando a manutenção e a desobstrução do ramal (ligação entre a rede e o imóvel). Deve ser construída na calçada (passeio).

Para os imóveis já existentes, a ligação de esgoto não será cobrada - exceto para os imóveis que vierem a ser construídos no bairro após a implantação do sistema de esgotamento. Após a vistoria final da autarquia, haverá inclusão da tarifa de esgoto, que será lançada em conta. Dúvidas e mais informações pelo telefone 115.

 

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News