22
Varíola dos macacos

Região tem 3 casos de Monkeypox

Os casos foram registrados nas cidades de Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes e o mais recente em Suzano; pacientes são monitorados

Aline Sabino
26/07/2022 às 07:00
Atualizada em 26/07/2022 às 07:00.
Reprodução

Primeiro positivo foi confirmado em Itaquaquecetuba no dia 18 de julho - FOTO: Reprodução

Região - Suzano confimou o terceiro caso na região de Monkeypox (MPX), conhecida como varíola dos macacos. A Prefeitura informou que foi comunicada na última quinta-feira, por meio do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), do governo federal, sobre o registro do primeiro caso confirmado de um morador do município contaminado com a doença. O primeiro positivo na região foi confirmado em Itaquaquecetuba no dia 18 de julho. Na semana passada, Mogi das Cruzes anunciou que monitora o primeiro caso de varíola dos macacos e informou que "outro caso suspeito aguarda resultado de exame". 

O caso de Suzano trata-se de um homem de 41 anos, que teria contraído a doença no município de São Paulo, onde tem o costume de se encontrar com amigos nos fins de semana. De acordo com a Administração Municipal, "os primeiros sinais apareceram em 20 de julho (quarta-feira) e logo ele procurou uma unidade hospitalar fora de Suzano. No dia seguinte o exame teve resultado positivo e a Secretaria Municipal de Saúde foi informada a respeito. O homem está em isolamento em sua residência e seu estado clínico é bom".

Ainda segundo a Prefeitura, após a confirmação, a Pasta entrou em contato com o indivíduo para iniciar o monitoramento e comunicou todos os serviços de saúde sobre o caso confirmado, embora a contaminação não tenha ocorrido na cidade. Também foram enviadas fotos das lesões apresentadas pelo paciente aos profissionais que fazem atendimento nas unidades municipais. De acordo com a Prefeitura, "o objetivo foi promover um treinamento online com médicos e enfermeiros de modo a facilitar um diagnóstico diferencial de possíveis casos que venham a surgir".

A Prefeitura de Mogi orienta para que a população tenha atenção aos sintomas, procure assistência médica diante suspeita, e redobre os cuidados preventivos- higiene das mãos e distanciamento social.

Alto Tietê

Em Arujá, Santa Isabel, Poá e Ferraz de Vasconcelos, de acordo com as Prefeituras, não há casos suspeitos ou confirmados da doença até o momento. As demais prefeituras da região não responderam ao questionamento da reportagem até o fechamento desta matéria.

Até última terça-feira, de acordo com informações da Secretaria de Estado da Saúde (SES), em todo o Estado haviam sido confirmados 304 casos da Monkeypox.

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News