22
Itaquá

Menores de 19 anos somam 44% das vítimas

Percentual é o maior do estado dentro dos termos estabelecidos pelo CPPHA

Everton Dertonio*
29/07/2022 às 05:30
Atualizada em 29/07/2022 às 08:53.
Reprodução

Itaquaquecetuba tem alto número de fatalidades - FOTO: Reprodução

Um relatório feito pelo Comitê Paulista para Prevenção de Homicídios da Adolescência (CPPHA) - iniciativa da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e o Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Justiça e Cidadania - e lançado em 21 de junho apontou que 44% das mortes decorrentes de intervenção policial em Itaquaquecetuba, de 2015 a 2021, tiveram como vítimas crianças e adolescentes, o maior percentual do comparativo.

Para compor o estudo foram selecionados apenas os municípios que atingiram um percentual acima do estado (23%) e excluídos aqueles que tiveram menos de dez mortes com vítimas de até 19 anos na somatória do período. Junto a Itaquá estão as cidades de Diadema (35%) e Carapicuíba (34%).

Também foi apresentada a distribuição geográfica das mortes de adolescentes decorrentes de intervenção policial em 2021, considerando o tamanho da população de adolescentes do município. Itaquá possui 29.845 adolescentes, de acordo com o levantamento, e registrou três mortes derivadas de intervenções, apontando uma taxa de 10,05 mortes a cada 100 mil habitantes. Junto ao município, também foram destacadas as cidades de Santos, com taxa de 12,56; Ribeirão Preto (6,37), Osasco (6,05) e Campinas (3,81).

Neste levantamento foram avaliados os municípios que tiveram três ou mais mortes desta natureza em 2021 e que apresentaram taxas maiores que o Estado (2,53) e a capital (3,38).

*Texto supervisionado pelo editor.

 

 

 

 

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News