Coritiba marca no fim e bate o Palmeiras em casa

De um lado, o Coritiba, já rebaixado à Série B do Campeonato Brasileiro. Do outro, o Palmeiras, campeão da Copa Libertadores e que se prepara para a decisão da Copa do Brasil, mas que tem ainda os jogos do Brasileirão para disputar e foi para o jogo de ontem com um time misto. O resultado não poderia ter sido outro - um jogo com cara de treino, que terminou com a vitória do time paranaense, por 1 a 0, com gol na reta final da partida válida ainda pela 35ª rodada.

Com 56 pontos, em 6º na tabela, o Palmeiras sofreu a segunda derrota para o Coritiba no Brasileirão. O time ainda perdeu para Goiás e Botafogo fora de casa, e empatou com esses dois times no Allianz Parque. Nesses seis jogos, somou dois pontos de 18 possíveis para equipes que passaram o campeonato inteiro na zona da degola.

O Palmeiras dominou o primeiro tempo e aproveitou para "treinar" a marcação alta e a marcação sem a posse de bola. No começo do jogo, Abel Ferreira cobrava movimentação do setor de meio-campo do time paulista, mas a lentidão na transição da defesa para o ataque durante todo o primeiro tempo irritava um pouco o treinador português.

Na segunda etapa, ele trocou William por Rony. A ideia era explorar a velocidade do atacante, mas nos primeiros minutos a falta de criatividade e os erros de passes minaram qualquer oportunidade de gol das duas equipes.

O Palmeiras teve sua melhor chance no jogo aos 29. Raphael Veiga fez ótima jogada pela direita, cortou para o meio e chutou de esquerda. O goleiro Arthur fez mais uma boa defesa para o time paranaense.

O jogo se arrastava para um empate sem gols, quando o Coritiba, em uma grande jogada, aproveitou o vacilo da defesa adversária e abriu o placar. Após cruzamento da esquerda, Patrick de Paula teve a chance de cortar, mas deixou a bola passar. Jonathan bateu de primeira, na entrada da área, e a bola entrou no canto direito, sem chances para Vinicius Silvestre. (E.C.)

Deixe uma resposta

Comentários