Brasil dá adeus ao Aberto da Austrália após derrota de Soares e Murray

Brasil dá adeus ao Aberto da Austrália após derrota de Soares e Murray
Brasil dá adeus ao Aberto da Austrália após derrota de Soares e Murray FOTO:

Último brasileiro na corrida pelo título de duplas do Aberto da Austrália, o mineiro Bruno Soares e o parceiro Jamie Murray se despediram na madrugada de hoje (19) do Melbourne Park após perderem a semifinal, por 2 sets a 0, para os atuais campeões do torneio: o norte-americano Rajeev Ram e o britânico Joe Salisbury, com parciais de 6/4 e 7/6(2).  Soares e Murray buscavam o segundo título no torneio: o primeiro foi em 2016, primeiro ano de parceria que durou até 2019. A decisão do título de duplas será domingo (21):  Ram e Saliburye enfrentarão o eslovaco Filip Polášek e o croata Ivan Dodig, à 1h (horário de Brasília). 

Foi o primeiro Grand Slam de Soares e o britânico Murray da temporada 2021. No início de fevereiro, eles conquistaram o ATP 250 de Melbourne, torneio preparatório para o Aberto da Austrália. Soares e Murray reataram no de 2021 a parceria, após um ano e meio jogando com outros parceiros. 

"Foi um jogo no detalhe. Hoje estava bem quente, com a quadra bem rápida e difícil de devolver saque. Faltou um pouquinho de sorte no final do primeiro set. Em alguns pontos as bolas pegaram errado na raquete, pegaram na linha, e acabou virando o momento para eles”, reconheceu Soares, após a partida, em nota à imprensa.

Na última terça-feira (16), nas duplas mistas, Soares e a paulistana Luisa Stefani caíram nas oitavas de final, para os anfitriões Matthew Ebden e Samantha Stosur, que ganharam por  2 sets a 0, parciais de 6/3 e 6/1.  Na mesma noite, também pelas oitavas, Marcelo Melo e a russa Vera Zvonareva foram eliminados com um duplo 6/4 por Joe Salisbury - britânico que eliminou hoje a dupla de Soares - em parceria com a norte-americana Desirae Krawcyk.