São Paulo perde para o Botafogo e anima Inter

O São Paulo continua realizando façanhas neste Brasileirão. O problema é que nos últimos tempos as façanhas são sempre negativas. Como a de ontem à noite, quando perdeu para o lanterna e rebaixado Botafogo por 1 a 0, no Engenhão. E Luciano ainda perdeu um pênalti. Com isso, desperdiçou a chance de garantir a vaga direta na fase de grupo da Copa Libertadores.

Em quarto lugar, com 63 pontos, ainda pode ser ultrapassado pelo Fluminense (61) na última rodada. Quem gostou foi o vice-líder Internacional, pois agora o São Paulo está obrigado a vencer o líder Flamengo na quinta-feira se quiser garantir a vaga por suas próprias forças. O time gaúcho precisa torcer por um tropeço do Fla para ficar com o título.

Para o São Paulo, nem o empate pode servir na última rodada se o Fluminense bater o Fortaleza, pois o time carioca seria o quarto pelo número de vitórias. Aí, restaria ao time do Morumbi torcer para o Palmeiras ser campeão da Copa do Brasil, para herdar a quinta vaga direta.

O vexame do São Paulo pode ser medido pelos números do Botafogo. Havia ganho um ponto nos últimos dez pontos - um empate e nove derrotas. Nas últimas 23 partidas, venceu apenas uma (2 a 1 no também rebaixado Coritiba, em 19 de dezembro passado), com quatro empates e 18 derrotas. E ontem chegou apenas a seu 27º ponto no Brasileirão.

Em campo, as jogadas das duas equipes ficaram muito concentradas pelo meio na etapa inicial, com poucas chances de gol. No segundo tempo, o Botafogo trocou um volante (Kaique) por um centroavante (o grandalhão Matheus Baby) e começou a pressionar. Faltava acertar o alvo. Quando acertou, fez 1 a 0. Warley cruzou para Matheus Baby, que ganhou pelo alto de Arboleda e cabeceou sem defesa para Tiago Volpi.

Aos 35, o juiz marcou um pênalti inexistente de David Sousa em Galeano - considerou que o zagueiro empurrou o atacante, o que não ocorreu. Luciano bateu, mas o goleiro Diego Loureiro voou no canto esquerdo e espalmou. (E.C.)

Deixe uma resposta

Comentários