Corinthians vence revanche com Magnus e vai à Libertadores de Futsal

Corinthians vence revanche com Magnus e vai à Libertadores de Futsal
Corinthians vence revanche com Magnus e vai à Libertadores de Futsal FOTO:

O Corinthians será o representante do Brasil na Libertadores de Futsal deste ano. Neste domingo (7), o Timão superou em casa o Magnus Sorocaba por 3 a 2 no duelo que reuniu os campeões das edições 2020 e 2021 da Supercopa de Futsal, respectivamente. A partida, que recebeu o nome de "Supercopa - Edição Especial", foi disputada no ginásio Wlamir Marques, em São Paulo.

A vitória teve gosto de revanche para o Corinthians, superado pelo próprio Magnus na final da LNF. Aliás, o time de Sorocaba (SP) não perdia um jogo oficial há mais de um ano e havia sido campeão da Liga Nacional de Futsal (LNF) de forma invicta.

O jogo foi necessário devido ao cancelamento da Libertadores de 2020 - o Corinthians já estava garantido na competição por ter conquistado a Supercopa do ano passado. Segundo a Confederação Brasileira de Futsal (CBFS), uma solicitação foi enviada à Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol), via Confederação Brasileira de Futebol (CBF), para que o Brasil tivesse direito a mais uma vaga no torneio continental.

Como o pedido não foi aceito, a CBFS decidiu realização de um confronto entre os campeões das Supercopas de 2020 e 2021. O Magnus, vencedor da última Liga Nacional de Futsal (LNF) - transmitida pela TV Brasil - conquistou a edição deste ano, que também reuniu Minas Tênis Clube (vencedor da Taça Brasil) e Dois Vizinhos (Copa do Brasil). 

O pivô Deives abriu o marcador para o Timão no primeiro minuto de partida. A resposta veio na sequência, após uma cobrança de escanteio do ala Ricardinho que o goleiro Careca acabou desviando para o próprio gol, empatando o placar. Na etapa final, os sorocabanos estouraram o limite de cinco faltas - que resulta em tiro livre sem barreira para o adversário. O ala Jackson Samurai aproveitou e recolocou o Alvinegro à frente.

Em lance individual, o fixo Lucas Gomes igualou novamente o marcador. Faltando três minutos e 27 segundos do fim, após um erro do fixo e capitão Rodrigo no domínio da bola, Deives rolou para o ala Leandro Caires fazer o gol da classificação corintiana à Libertadores.