Santos enfrenta o San Lorenzo para chegar à fase de grupos

Marinho volta ao taque do Santos após mais de dois meses para recuperação física
Marinho volta ao taque do Santos após mais de dois meses para recuperação física - FOTO: Divulgação/Santos FC

Ariel Holan terá hoje à noite seu primeiro grande desafio no comando do Santos. Em "casa", o treinador argentino tentará surpreender o San Lorenzo com futebol ofensivo, às 21h30, no Nuevo Gasômetro, em Buenos Aires, para ficar muito próximo da tão sonhada vaga na fase de grupos da Libertadores.

A decisão da classificação ocorre daqui uma semana, no Mané Garrincha, em Brasília, e o Santos sabe que precisa de um bom resultado no jogo de ida para não voltar pressionado. Tentará repetir frente o San Lorenzo o futebol e a tática apresentados diante do Boca Juniors, na semifinal da edição passada, quando não se inibiu ao atuar fora e mereceu ganhar, apesar do 0 a 0. Na volta, vitória tranquila na Vila Belmiro.

Depois de mais de dois meses sem atuar, o astro Marinho está de volta após trabalhos específicos para se recuperar das dores musculares e aprimorar a parte física. É a grande esperança santista de bom desempenho em Buenos Aires.

Marinho e Soteldo formaram bela dupla na campanha do vice-campeonato da América. Ambos foram os principais responsáveis pelos resultados positivos. Hoje, porém, não devem jogar juntos. O venezuelano só retornou de seu país, após duelo com o Deportivo Lara, na quinta-feira passada, perdeu boa parte da preparação e deve ficar na reserva. Não formam parceria desde a decisão diante do Palmeiras.

A final da Libertadores marcou, curiosamente, a última apresentação de Marinho. Após o trabalho específico, ele estreia na temporada e sob o comando de Holan para mostrar que ainda pode dar alegria aos santistas.

Em entrevista ao site do Santos, o técnico prometeu ousadia diante do San Lorenzo. Ele conhece bem a postura dos times de seu país e sabe que pode explorar os espaços deixados com saídas em alta velocidade ao ataque.

"O Santos tem de ser ofensivo e sempre buscar o gol, independentemente do local onde vamos jogar. Trabalhamos bastante esta semana, e esperamos fazer um grande jogo em Buenos Aires e também na volta", afirmou. "Os jogadores estão entendendo o estilo de jogo que queremos, que é de muita posse de bola e buscar, através disso, a verticalidade para chegarmos ao gol", completou.

Novamente em boa fase na Argentina e empolgado após dois triunfos seguidos, o "prestigiado" técnico Diego Dabove aposta na sintonia dos irmãos Romero e no faro de gol de Di Santo para abrir vantagem, mesmo que mínima, diante do Santos.

Mantido no cargo, o treinador quer mostrar que a escolha foi acertada e investe tudo em seu trio ofensivo. Ángel, com passagem pelo Corinthians, e Óscar, prometem velocidade nas jogadas para fazer a bola chegar com qualidade ao goleador do time.

Deixe uma resposta

Comentários