Corinthians quer ganhar jogando bem e convencer

Apesar de ter a melhor campanha do Campeonato Paulista e ter completado dez jogos de invencibilidade, o Corinthians precisa também convencer seu torcedor que tem futebol para seguir na ponta da tabela até o fim. Dois dias depois de uma sofrida vitória sobre o Guarani, o time volta hoje a campo, às 20 horas, para enfrentar a Ferroviária, em Araraquara, em jogo antecipado da nona rodada.

O técnico Vagner Mancini sabe que o time precisa evoluir e sua aposta para deixar o time menos previsível está nos garotos da base. No último jogo, Vitinho e Cauê ganharam uma oportunidade. Cauê fez o gol que garantiu os três pontos. "Não foi só teste, eles tiveram, assim como a equipe, alguns momentos bons na partida, outros de oscilação, que é normal, em função do pouco tempo, das mudanças, da forma como eles enfrentam o profissional, é algo natural", disse.

Cauê deixou o campo no segundo tempo com dores musculares. Ele ainda não teve a escalação confirmada, mas, no que depender do garoto de 18 anos, está pronto para jogar. "Está tudo tranquilo. Foram só cãibras", disse o jovem, que fez sua estreia no profissional justamente no último domingo.

Mancini não confirmou a equipe, mas a tendência é que os mesmos titulares voltem a entrar em campo 48 horas depois da partida anterior. "É um tempo recorde (entre um jogo e outro), não estamos acostumados, é um fato novo. Minha ideia, neste momento, é escalar o mesmo time, mas eu não sei se vou ter condições de fazer isso por causa do cansaço, ver se tivemos lesões que desconhecemos. O mais importante é que hoje temos mais atletas prontos", disse o treinador.

Na partida contra o Guarani chamou a atenção o fato de Jemerson, Cazares e Otero terem começado no banco de reservas. Mancini desmentiu que eles estejam de saída para corte de gastos. "Eles são atletas do Corinthians, os três, Otero entrou, o Jemerson não entrou por uma circunstância, o Cazares também, mas é importante dizer que eles são atletas do clube", justificou. (E.C.)

Deixe uma resposta

Comentários