Holan testa equipe para fase de grupos da Libertadores

Em meio a uma maratona de jogos nesta retomada do Paulistão, o Santos vai enfrentar hoje a Ponte Preta, às 20 horas, pela quinta rodada do Estadual, em clima de teste. No estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, o técnico Ariel Holan deve mandar a campo o que tem de melhor para o time ganhar corpo e entrosamento, visando a estreia na fase de grupos da Copa Libertadores, na próxima terça-feira.

Ao mesmo tempo, o treinador espera iniciar a reação santista no Paulistão, no qual o time tem apenas uma vitória em cinco jogos. O triunfo sobre o Ituano aconteceu em março, antes da paralisação do campeonato. Na retomada, o Santos empatou sem gols com o Botafogo, em casa. No Grupo D, a equipe santista tem seis pontos e está em segundo lugar, atrás do Mirassol, com oito. Somente os dois primeiros colocados avançam às quartas de final

Para voltar a vencer no Estadual, o Santos deve ter força quase máxima. Em relação ao time que empatou com o San Lorenzo por 2 a 2, na noite de terça, Holan deve fazer três mudanças. Ivonei, que voltará ao time após se recuperar de lesão, completará o meio-campo. Assim, Felipe Jonatan vai voltar a sua posição de ofício, a lateral-esquerda, após atuar no lugar do meio-campista. E Pará, que jogou no lado esquerdo, vai retornar para o direito - Madson havia atuado nesta posição na terça.

Holan deve contar com todos os titulares porque pretende dar folga a alguns deles no último jogo antes da estreia na fase de grupos da Libertadores. No domingo, vai receber a Inter de Limeira. A escolha dos titulares se tornou um desafio para o técnico argentino com a retomada do Paulistão porque o calendário se tornou uma "maratona".

Serão cinco jogos em apenas dez dias, média de um jogo a cada 48 horas. No total, serão 13 jogos em 40 dias, em rodadas do Estadual e da competição sul-americana. Apesar de estar no início da temporada, o desgaste físico já se tornou uma preocupação para o treinador, que vem de jogos difíceis contra Deportivo Lara e San Lorenzo, pelo torneio internacional, nas últimas semanas. (E.C.)

Deixe uma resposta

Comentários