Corinthians vai ao Peru brigar pela sobrevivência no torneio

Zagueiro Gil deve compor o trio defensivo para aumentar a experiência do Timão
Zagueiro Gil deve compor o trio defensivo para aumentar a experiência do Timão - FOTO: Divulgação/Corinthians

Depois de um empate e uma derrota, o Corinthians vai em busca da primeira vitória na atual edição da Copa Sul-Americana. Hoje, às 21h30, o time paulista enfrenta o Sport Huancayo, no Estádio Nacional, em Lima, no Peru, pela terceira rodada do Grupo E. O adversário é o lanterna da chave, com duas derrotas.

A delegação alvinegra viajou em voo fretado por causa da pandemia e chega otimista depois da boa apresentação no duelo com o São Paulo pelo Campeonato Paulista.

Desfalque no clássico por suspensão, Cantillo seguirá fora por causa de uma lesão no músculo posterior da coxa esquerda. Além dele, o técnico Vagner Mancini não poderá contar com o volante Xavier, que sofreu uma entorse no tornozelo esquerdo no treino de sábado.

Os veteranos Fábio Santos e Jô devem continuar na reserva. Gil pode voltar após ficar na reserva na última partida para dar mais experiência à zaga. "Todos os atletas que saíram deram força àqueles que foram entrando. Eu tenho como hábito conversar com diversos jogadores ao longo da semana, eu fiz isso olhando no olho", comentou Mancini.

Por ser um jogo fora de casa e uma derrota complicar ainda mais a situação do Corinthians, o treinador não descarta manter a formação com três zagueiros. O modelo tático foi utilizado pela primeira vez no jogo com o São Paulo e elogiado por Mancini.

"Não tenha dúvida de que a avaliação é altamente positiva. Não é uma tarefa fácil, mas acima de tudo foi uma tarefa bem executada Essa dificuldade foi imposta porque no começo de jogo o São Paulo foi bem agressivo na marcação e a gente não estava conseguindo uma estabilização que toda equipe precisa numa mudança de sistema de jogo", analisou. A escalação, no entanto, é uma incógnita. Por causa da pandemia, os jornalistas não acompanham os treinos da equipe há mais de um ano.

A partida marcará mais um feito do goleiro Cássio, um dos atletas com mais títulos da história corintiana. Ele vai atingir uma marca curiosa, a de completar viagens por todos os países da América do Sul. Faltava apenas o Peru.

"Feliz, né? Que bom que o Corinthians pode estar disputando esses campeonatos. São os maiores. Libertadores e Sul-Americana. Que possa estar sempre viajando e voltando em vários e vários países. Que a gente consiga a vitória para ter a classificação e continuar viajando. Feliz! Temos atingido marcas legais. Agradeço por ser lembrado, prefiro assim. Tudo que construí foi passo a passo. Feliz por ser o primeiro jogador do Corinthians a conquistar essa marca", disse o goleiro, que está no clube desde 2012.

Deixe uma resposta

Comentários