Contra o Racing, São Paulo pretende segurar a liderança

O São Paulo joga na noite de hoje contra o Racing com o objetivo de garantir a classificação antecipada às oitavas de final da Copa Libertadores. Embora leve muito a sério a Libertadores, o time tricolor prioriza, neste momento, as finais do Campeonato Paulista e, por isso, deve entrar em campo mais uma vez com reservas no duelo diante dos argentinos, às 21h30, no Morumbi.

O São Paulo lidera o Grupo E com oito pontos, mesma pontuação do vice-líder Racing - está na frente por ter melhor saldo de gols - está invicto na competição e pode se classificar para o mata-mata antecipadamente em caso de vitória sobre o rival argentino, que também ainda não perdeu no torneio. Se empatar, terá de contar com um tropeço do Rentistas diante do Sporting Cristal, em duelo a ser disputado amanhã.

Envolvido em uma maratona desgastante de jogos, o São Paulo optou por dar prioridade ao Paulistão porque o torneio é, no momento, a maior oportunidade para tirar o clube de uma seca de quase 11 anos sem títulos. Em relação ao Estadual, o jejum é ainda maior, de 16 anos.

Daí a explicação para o técnico Hernán Crespo preservar os titulares na Libertadores e deixá-los menos desgastados para as finais contra o Palmeiras pelo Estadual. O primeiro será já na quinta-feira, às 22 horas, no Allianz Parque, e o segundo, domingo, às 16 horas, no Morumbi.

Ante o Racing, o principal nome na escalação deve ser Luciano, que voltou aos gramados na goleada por 4 a 0 sobre o Mirassol em que deixou a sua marca. O atacante era titular absoluto da equipe, mas sofreu uma lesão muscular e precisa readquirir o ritmo de jogo ideal. Em seu lugar, Crespo tem escalado o jovem Gabriel Sara, que tem correspondido com gols.

Outro que está recuperado de lesão na coxa é Daniel Alves. O lateral-direito, um dos líderes do elenco, porém, deve começar o confronto de hoje no banco de reservas e pode ser que ganhe alguns minutos antes da final do Paulistão. (E.C.)

Deixe uma resposta

Comentários